Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Auditores do Ministério da Saúde investigam irregularidades ocorridas no Pronto Atendimento de Pará de Minas


Nesta quinta-feira, 6 de julho, quatro auditores do Ministério da Saúde, vieram de Brasília para investigar a área da saúde de Pará de Minas. Os servidores federais ocupavam veículos pretos, caracterizados que estavam a serviço do Governo Federal, e o objetivo da visita é verificar denúncia sobre o setor de saúde pública no município.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Eles visitaram a Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 horas, o setor de empenho da Prefeitura de Pará de Minas. Também se reuniram com membros do Conselho Municipal de Saúde e participaram de outro encontro na Secretaria Municipal de Saúde, no terceiro andar da Policlínica Nossa Senhora da Piedade, com o secretário municipal de Comunicação Institucional, Cultura, Lazer, Esporte e Turismo e interino da Saúde, Paulo Duarte.


A reportagem do Portal GRNEWS conversou com os auditores fiscais do Ministério da Saúde, mas eles argumentaram que não poderiam conceder entrevistas sobre o trabalho que estavam realizando no município.

O secretário Paulo Duarte, se limitou a dizer que se tratava de problemas ocorridos na gestão passada, e também não quis falar sobre o assunto e nem fornecer dados sobre a auditoria do Ministério da Saúde em Pará de Minas.


Entretanto, informações obtidas indicavam que os levantamentos foram feitos a pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), que impetrou na Justiça uma Ação Civil Pública contra a Prefeitura de Pará de Minas por possíveis irregularidades na área de saúde pública.


Em busca de dados concretos, a reportagem conversou com Flávio Medina Neto, presidente do Conselho Municipal de Saúde. Ele confirmou ter participado do encontro com os auditores, sendo informado que eles estavam averiguando denúncias sobre irregularidades ocorridas no Pronto Atendimento Municipal José Porfírio de Oliveira, localizado no bairro Senador Valadares.


Por enquanto a ação dos auditores não foi detalhada, para especificar quais seriam as irregularidades no Pronto Atendimento Municipal, alvo de denúncia junto ao Ministério da Saúde. Inclusive aquela unidade de saúde foi desativada com a recente inauguração da UPA 24 horas, realizada em 29 de junho de 2017. O Pronto Atendimento deixou de funcionar no dia 30 de junho de 2017. De acordo com Flávio Medina Neto, este processo vem tramitando desde o ano de 2013:

Flávio Medina Neto
auditoressaudeflaviomedina1

Um relatório dos auditores fiscais do Ministério da Saúde será elaborado detalhando as possíveis irregularidades, mas não foi confirmada data para a entrega do documento aos gestores da área e ao Conselho Municipal de Saúde:


Flávio Medina Neto
auditoressaudeflaviomedina2

Em razão da impossibilidade dos auditores concederem entrevistas, a reportagem do Portal GRNEWS fez contato com a assessoria de Comunicação do Ministério da Saúde, solicitando informações sobre esta fiscalização realizada nesta quinta (6), em Pará de Minas.

A resposta veio por meio de uma nota, dizendo que: “O Ministério da Saúde esclarece que está realizando processo de auditoria no município de Pará de Minas (MG) a pedido do Ministério Público de Minas Gerais. A pasta informa ainda que detalhes sobre a ação só podem ser repassadas após finalização da auditoria.”

Um comentário

  1. Igor Eduardo

    O Flavio Medina deveria se abster de falar, afinal ele tem cargo bom na prefeitura, sempre vai defender o prefeito que é o chefe dele!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm