Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Vereador critica gastos praticados pelo presidente da Câmara e critica politicagem de colegas da oposição

Os projetos de atualização do Código Tributário e da correção da Planta de Valores Imobiliários de Pará de Minas aprovados pela Câmara Municipal continuam rendendo muita insatisfação entre a população, além de discussões polêmicas nos bastidores da política.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A maior parte da população demonstrou indignação por meio das redes sociais e outros meios de comunicação. Os nove vereadores que votaram a favor das propostas enviadas pelo prefeito Elias Diniz (PSD) foram duramente criticados.

Votaram favoráveis ao projeto que aumentará os impostos os vereadores: Marcos Aurélio dos Santos (DEM), Márcio Lara (PTC), Márcio Eustáquio Rodrigues (PTC), Carlos Roberto Lázaro (PSC), José Salvador Moreira (PSD), Rodrigo Varela Franco (PSD), Leandro Almeida Ferreira (PV), Antônio Carlos dos Santos (PTB) e Daniel Melo Oliveira (SD).

Nesta sexta-feira (6), um grupo de vereadores que foram favoráveis as leis aprovadas fizeram uma reunião e decidiram elaborar um projeto para revogar a Planta de Valores Imobiliários, derrubando assim o reajuste no Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU).

A proposta foi impetrada e tramitará, conforme prometeram. A expectativa é de que a lei seja discutida e votada rapidamente para atender aos pedidos da sociedade paraminense.

Os vereadores abordaram alguns assuntos relacionados aos cortes de gastos e se colocaram a disposição para discutir com a população. Na avaliação do vereador Márcio Lara, o Código Tributário terá maior impacto e não foi questionado. A polêmica veio com a nova Planta de Valores Imobiliários:


Márcio Lara
camaramarciolara1

Ele criticou o presidente da Câmara Municipal, Mário Justino da Silva (PRB), que votou contra as duas matérias alegando a necessidade urgente de não sobrecarregar a população com mais impostos.

Márcio Lara revela que o presidente viajou para Brasília com uma comissão, com isso efetuou gastos desnecessários. Disse ainda que foram gastos R$ 20 mil com um buffet durante as solenidades de entregas de Títulos de Cidadania Honorária e Diplomas de Honra ao Mérito.

Relembrou que no começo da atual legislatura foi apresentado um projeto que aumentaria os gastos do Poder Legislativo em R$ 1,4 milhão para conceder reajustes aos servidores da Casa. Propôs a elaboração de um projeto para devolver R$ 2 milhões aos cofres da prefeitura em 2018:

Márcio Lara
camaramarciolara2

Também afirma que foi feita politicagem por parte de alguns vereadores que na gestão anterior votaram a favor de IPTU complementar e georreferenciamento e desta vez foram contra a atual administração:

Márcio Lara
camaramarciolara3

A reportagem do Portal GRNEWS foi informada pela assessoria de imprensa da Câmara Municipal que o presidente da Casa, Mário Justino da Silva, está em viagem à Brasília e tomou ciência das declarações do vereador Márcio Lara. Ele ficou de abordar as questões levantadas na próxima segunda-feira (09).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm