Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Banco Central reduz projeção da inflação para 3,8% este ano


O Banco Central reduziu a estimativa da inflação para este ano. A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 4,2% para 3,8%, de acordo com o Relatório de Inflação, divulgado hoje (29) pela internet, em Brasília.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Essa é a projeção do cenário central, elaborada com base em perspectiva de taxa de juros (6,5% ao ano) e câmbio (R$ 3,30, no fim de 2018) do mercado financeiro (pesquisa Focus).

A estimativa ficou mais distante do centro da meta de inflação, que é 4,5% este ano. Para 2019, o centro da meta é 4,25% e 2020, 4%. O intervalo de tolerância é 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Para 2019, a projeção para o IPCA caiu de 4,2% para 4,1%. A estimativa para 2020 passou de 4,1% para 4%.

No relatório, o BC reafirmou a visão de que a taxa básica de juros, a Selic, pode voltar a ser reduzida em 0,25 ponto percentual, na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), em maio.

A interrupção do ciclo está prevista para a reunião de junho. Para o BC, uma nova redução da Selic reduz o risco de a inflação demorar a chegar ao centro da meta. A Selic passou pelo 12º corte seguido este mês, ao ser reduzida em 0,25 ponto percentual, caindo para 6,5% ao ano.

Inflação é avaliada

No relatório, o BC avalia que a inflação ficou 0,39 ponto percentual abaixo do esperado nos dois primeiros meses deste ano. No trimestre encerrado em fevereiro, a inflação foi 0,25 ponto percentual abaixo do esperado.

Segundo o BC, a inflação em janeiro foi afetada pela mudança da bandeira vermelha para verde na tarifa de energia elétrica, o que reduz o preço.

“A inflação de alimentos, embora em linha com a projeção no acumulado do trimestre [dezembro, janeiro e fevereiro], apresentou aceleração maior do que a esperada em dezembro e janeiro, mas surpreendeu no sentido oposto em fevereiro, ao retornar para o campo negativo”, acrescenta o Banco Central.

As projeções de curto prazo do BC consideram variações de 0,20%, 0,33% e 0,26% para o IPCA nos meses de março a maio de 2018, respectivamente.

“A despeito da perspectiva de retorno da variação dos preços de alimentos e vestuário para o campo positivo e de reajustes das tarifas de energia elétrica na região metropolitana do Rio de Janeiro, a taxa mensal do IPCA deve apresentar desaceleração em março, repercutindo a expectativa de recuo dos preços de combustíveis e a dissipação dos efeitos dos reajustes sazonais em serviços de educação e transporte público”, diz o BC. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm