Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Ministro afirma que Arquivo Nacional não corre risco de incêndio

Tomaz Silva/Agência Brasil

Em visita de inspeção ontem (25) ao Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, disse que o governo federal vem dedicando tempo, atenção e investimento para garantir a segurança do complexo arquitetônico do órgão.

O Arquivo Nacional abriga o maior acervo documental do país, estimado em mais de 55 quilômetros (km) de documentos textuais, cartográficos, iconográficos, sonoros e de imagens em movimento, incluindo itens únicos como a primeira Constituição do país, datada de 1824, e a Lei Áurea, que declarou extinta a escravidão no país.

O ministro disse que as instalações do órgão – que é subordinado à sua pasta – não correm nenhum perigo de vir a sofrer incêndio ou sinistro de larga escala.

Torquato Jardim disse que o orçamento deste ano do Arquivo Nacional foi 33% maior do que o do ano passado, o que possibilita a realização das obras de prevenção e adequação das instalações do órgão às exigências do laudo emitido em 2016 pelo Corpo de Bombeiros para a garantia e segurança do complexo contra a ocorrência de sinistros.

“Temos investido tempo, atenção e recursos no Arquivo Nacional. O ambiente é seguro e não há perigo algum de incêndio ou de sinistro de larga escala. O que temos por recomendação do Corpo de Bombeiros é uma série de critérios a serem adotados visando a manutenção e recuperação do Bloco F, o mais moderno [e onde está concentrada a esmagadora maioria do acervo documental do órgão]. Isso já levou a uma contratação de mais 18 brigadistas profissionais para turnos de 24 horas e a compra de 274 mangueiras de dois tipos diferentes que instaladas ou recondicionadas”.

Funcionamento
O ministro da Justiça disse que o funcionamento do arquivo é normal, vem sendo expandido e que não há problemas de falta de verba, ressaltando que está em vigor um contrato de manutenção predial de R$ 1,2 milhão por mês.

“De dezembro do ano passado até agora já foram realizados 7,4 milhões de acessos ao banco de dados do Arquivo pela internet, que resultou no atendimento a 56 mil usuários pessoalmente ou a distância”.

Torquato Jardim, que estava acompanhado do secretário de estado de Defesa Civil e comandante geral do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, coronel Roberto Robadey, disse que o laudo emitido pelo Corpo de Bombeiros para aumentar a segurança do órgão está sendo atendido passo a passo e que o prazo de conclusão das diligências, março de 2019, será atendido.

O coronel Robaney confirmou o bom andamento do atendimento às exigências contidas no laudo da corporação. “São exigências de difícil execução, tendo em vista que é uma edificação centenária, mas que vem sendo feita adequadamente apesar de se tratar de um prédio tombado. Mas elas vêm sendo cumpridas e corrigidas e a gente vê a preocupação de se evitar gambiaras e instalações inadequadas na execução das obras. É um prédio que está muito bem conservados e que não nos traz preocupações”.

O laudo
O laudo do Corpo de Bombeiros foi emitido em 2016 e faz uma série de exigências referentes ao complexo arquitetônico do Arquivo Nacional. As situações nele descritas apontam a necessidade de ajustar o conjunto de edificações às exigências contidas em normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT e do próprio Corpo de Bombeiros.

O laudo estabeleceu um prazo de execução da obra de 3 anos, com término previsto para março de 2019. Segundo a assessoria de imprensa do Arquivo Nacional, alguns destes itens já foram cumpridos, como, por exemplo, a contratação dos brigadistas e a recarga de extintores de incêndio e de mangueiras, com validade até junho de 2019. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm