Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Operações no período da Piracema em Minas foram intensificadas

As ações de proteção a peixes nativos dos rios mineiros foram intensificadas no estado. Em respeito ao período da Piracema, época do ano em que ocorre a reprodução dessas espécies, o Governo de Minas Gerais reforçou as ações de fiscalização para garantir uma procriação segura.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Entre novembro de 2017 e março de 2018, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad) fiscalizou 214 pontos de comércio de pescado e abordou 24 pescadores amadores e profissionais.

As restrições de pesca em Minas Gerais valem para as Bacias Hidrográficas do Leste do Estado e dos rios Grande, Paranaíba e São Francisco, e valem de 1º de novembro a 28 de fevereiro do ano subsequente.

“Nesse período, é importantíssimo que pescadores profissionais e amadores, além de comerciantes de pescado, respeitem as normas. Estas são fundamentais para a reprodução dos peixes que vivem nos rios, barragens e represas do Estado e, consequentemente, para reposição dos estoques pesqueiros”, disse o superintendente de Estratégia em Fiscalização Ambiental da Semad, Flávio Augusto Aquino.

As ações ocorreram em todo o estado, com destaque para os municípios de Pirapora, Patos de Minas, Governador Valadares, Juiz de Fora, Divinópolis, Belo Horizonte e Alfenas. Nas fiscalizações foi verificado se as pessoas físicas e jurídicas que comercializam, exploram, industrializam, armazenam e fabricam produtos e artigos de pesca possuem o registro obrigatório junto ao Instituto Estadual de Florestas (IEF).

Além do registro, os estoques de peixe in natura, congelados ou não, provenientes de águas continentais e existentes nos frigoríficos, peixarias, colônias e associações de pescadores devem ser informados junto ao órgão ambiental.

O fenômeno da Piracema ocorre todos os anos, coincidindo com o início do período das chuvas, entre os meses de novembro e fevereiro, por isso, medidas de proteção às espécies, adotadas pelo Estado são imprescindíveis. Nessa época, os peixes buscam os locais mais adequados para desova e alimentação.

Resultados
Em 1/3 dos 214 pontos de comércio fiscalizado foram encontradas irregularidades, sendo lavrados 69 autos de infração. No total foram aplicados R$ 101.458,02 em multas e apreendidos 377,73 quilos de pescado, 684 sacos de carvão, 450 redes, uma tarrafa e um espinhel. Com Agência Minas

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm