Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Proposta de Trump de combate a droga é rejeita por países da União Europeia

Jason Szenes/EFE/Direitos Reservados/Agência Brasil

Dez países da União Europeia rejeitaram hoje (24) a declaração promovida pelos Estados Unidos para pedir à comunidade internacional maior coordenação no combate às drogas.

O documento, intitulado Chamada Global à Ação sobre o Problema Mundial das Drogas, determina que os países signatários deverão implantar “planos nacionais de ação” para reduzir a oferta e a demanda de drogas, assim como ampliar o tratamento à dependência e fortalecer a cooperação contra o tráfico.

Dos 28 Estados-membros que compõem a União Europeia não assinaram a declaração a Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Luxemburgo, Holanda, Espanha, Eslovênia e a Suécia.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores da Espanha, o governo de Pedro Sánchez não é contrário ao texto, mas decidiu não assinar a declaração porque a União Europeia não tem uma política comum na luta contra os entorpecentes.

Além disso, a missão dos Estados Unidos nas Nações Unidas não permitiu negociar o conteúdo, por isso vários países europeus decidiram não corroborar.

Reunião paralela
Mais cedo, Donald Trump presidiu uma reunião multilateral, paralela à 73ª sessão da Assembleia Geral das Nações, sobre a questão das drogas. Segundo o presidente norte-americano o objetivo da declaração é “desmantelar a produção de drogas” e “combater a epidemia” de dependência química que mata milhões de pessoas no mundo todo.

O breve ato na sede das Nações Unidas contou com a presença de representantes de 130 países, mas nem todos ratificaram o documento.

O presidente americano quis debater o tema das drogas nas Nações Unidas devido à crise de dependência a opiáceos no país, que deixa 175 mortos por dia por overdose, segundo dados dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

“A dependência às drogas continua tirando muitas vidas nos EUA e no mundo todo. Hoje nos comprometemos a combater juntos a epidemia das drogas”, afirmou Trump.

O presidente americano, sua embaixadora na ONU, Nikki Haley, e o secretário-geral da ONU, António Guterres, foram os únicos que discursaram na reunião, copresidida por 31 países. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm