Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Com apoio popular, paralisação dos caminhoneiros ganha força na região Centro-Oeste de MG

Divulgação/Eduardo R. Lopes

A paralisação iniciada pelos caminhoneiros brasileiros a partir de segunda-feira, 21 de maio, ganha novos adeptos a cada instante. A mobilização é contra o alto preço dos combustíveis no Brasil, especialmente o óleo diesel.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Como preço da gasolina está exorbitante desde julho de 2017, quando a Petrobras disparou o gatilho de aumentos constantes, o litro da gasolina ultrapassou R$ 5,10 na última sexta (18) em Pará de Minas, véspera do início da manifestação. Na noite de quarta (23), o litro da gasolina chegou a ser vendido por R$ 9,99 o litro em um posto de Brasília e R$ 8,99 em outro posto de abastecimento em Recife.

Divulgação/Eduardo R. Lopes

Na tarde de quarta (23) os funcionários de um posto do município de Nova Serrana/MG foram flagrados reajustando o litro da gasolina de R$ 4,79 para R$ 5,79, mesmo após dois anúncios seguidos de redução do preço divulgados pela Petrobras. O vídeo circulou nas redes sociais.

Mas apesar da falta de combustíveis nos postos e do aumento de preço ou falta de verduras, frutas e legumes nos sacolões, entre outros produtos, a população apoia o movimento dos caminhoneiros que foram capazes de parar o Brasil de forma pacífica.

Divulgação/Eduardo R. Lopes

Na região Centro-Oeste de Minas Gerais existem muitos pontos de bloqueio, em municípios como Divinópolis, na MG-050; em Juatuba na confluência das rodovias BR-262 e MG-050; na BR-262, município de Igaratinga; e na MG-431, perto das comunidades rurais de Bom Jesus do Pará e Lagoa Preta, no trecho da divisa entre os municípios de Pará de Minas e São José da Varginha.

No município de Pequi, no trevo de acesso a comunidade rural de Soledade, também existe um bloqueio de caminhoneiros. O mesmo acontece nas cidades Cachoeira da Prata, e Papagaios, município muito conhecido pela exportação de pedra ardósia e por contar com uma enorme frota de caminhões.

No município de Maravilhas, os caminhoneiros também se mobilizaram e instalaram um bloqueio na rodovia MG-060. O motorista de carreta Eduardo Ribeiro Lopes disse a reportagem do Portal GRNEWS que a ação é pacífica. Apenas caminhões estão impedidos de passar, os demais, como veículos que transportam pacientes, estão liberados:

Divulgação/Eduardo R. Lopes

Eduardo Ribeiro Lopes
eduardoparalisacaomaravilhas

Para manter a paralisação dos caminhoneiros na Região Centro-Oeste de Minas Gerais e em outros pontos do Brasil inteiro, a população se mobiliza para ajudar os manifestantes. Muitos grupos estão sendo organizados para garantir o fornecimento de água e alimentação para os caminhoneiros.

Muitos cidadãos afirmam que não é momento de retroceder, por que esta luta não é só dos caminhoneiros, mas de todos os brasileiros que estão sufocados com tantos impostos e cobranças, como no preço dos combustíveis, determinados pelo governo Michel Temer, além dos tributos estaduais e municipais.

Para se ter ideia, nesta quinta (24) muitos estabelecimentos comerciais brasileiros venderam produtos baratos para a população, um movimento que se repete anualmente, para o marcar o Dia Sem Imposto. Na realidade os produtos comercializados mostram para o consumidor quanto os produtos custariam sem a incidência da alta carga tributária.

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm