Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Brasil encerra série de amistosos no vôlei masculino com a terceira vitória

Foto: Tarso Sarraf/Inovafoto/CBV

Três jogos e três vitórias. Assim, a seleção brasileira masculina de vôlei encerrou a série de amistosos contra a Holanda. O trabalho, em preparação para o Campeonato Mundial, se encerrou nesta quarta-feira (22.08), quando, no ginásio Guilherme Paraense, o Mangueirinho, em Belém, a equipe dirigida pelo técnico Renan venceu por 3 sets a 0 (25/16, 25/17 e 25/10), diante de quase sete mil torcedores. O ponteiro Douglas foi o maior pontuador, com 17 acertos, enquanto o oposto Evandro e o central Éder marcaram 10 pontos cada um.

A seleção brasileira terá mais um compromisso em Belém. Na manhã desta quinta (23.08), os 15 jogadores que estão na cidade estarão no Shopping Castanheira, das 10h às 10h50, para sessão de autógrafos. Na sequência, a delegação deixará Belém e voltará aos treinos na próxima segunda-feira (27.08).

O Mundial, que vai ser disputado de 9 a 30 de setembro, na Bulgária e na Itália, é o principal campeonato da temporada. Em avaliação sobre os amistosos preparatórios, o técnico Renan deixa claro que o resultado é positivo.

“Os amistosos foram importantes para que ganhássemos ritmo de jogo e pudéssemos observar onde podemos ajustar, quais pontos precisamos melhorar. Conseguimos imprimir um ritmo de saque muito forte aqui em Belém, com poucos erros, pressionando a Holanda de forma bastante interessante. Ainda queremos ajustar algumas coisas nestes dias antes do Mundial. A torcida deu muita energia positiva, também, isso é muito bom para levar esse sentimento bom para o Mundial”, disse Renan.

O oposto Wallace também saiu satisfeito de quadra. Depois de passar por Brasília, onde venceu por 3 a 0, e Manaus, onde a seleção brasileira saiu vitoriosa por 3 a 1, o atacante comemorou a boa atuação nesta quarta-feira.

“Fizemos três grandes jogos. Tivemos uma pequena oscilada em Manaus, e esse de Belém foi o melhor, sem dúvida. Mas fomos bem no geral. Sacamos muito bem, colocamos o passe deles em dificuldade, não deixamos que eles entrassem no jogo. Temos um bom caminho pela frente, sempre buscando melhorar. Vamos realizar alguns amistosos na Europa, antes do Mundial, e esperamos chegar muito bem para o torneio”, Wallace.

O capitão Bruninho fez questão de agradecer o carinho recebido em Belém e a boa experiência obtida com o rodízio de atletas realizado pelo técnico Renan nestes três amistosos preparatórios para o Campeonato Mundial.

“É uma emoção grande quando vamos para cidades que não jogamos com tanta frequência, como foi em Manaus e Belém. Você percebe o quanto o público gosta de vôlei, quanto torce por nós. Foi uma experiência sensacional. Agora vamos concentrar ao máximo, ir com tudo para o Mundial, que será uma ‘pedreira’. Mas, valeu muito poder jogar, dar ritmo de jogo para todos os atletas e receber a energia desse público maravilhoso”, destacou Bruno

O JOGO

A Holanda começou bastante motivada, abrindo quatro pontos de vantagem no placar, forçando pedido de tempo de Renan. Douglas Souza entrou em ação, virando bons contra-ataques e reduzindo a diferença, sendo destaque pelo lado brasileiro. O empate veio no nono ponto do set, com a Holanda pedindo tempo. A virada veio pouco depois e a seleção assumiu o controle do duelo, abrindo 15 a 12 em ataque de Isac após erro de passe da Holanda. O Brasil passou a sacar melhor, com ace de Kadu, a vantagem subiu ainda mais: 18 a 13. Administrando a vantagem, a seleção brasileira fechou o primeiro set por 25 a 16 em bonito ace de Douglas.

A seleção brasileira começou o segundo set como encerrou o primeiro, gerando bons contra-ataques e abrindo vantagem de 4 a 1 logo no início. Éder, em ace, anotou 6 a 2 e a Holanda pediu tempo. A Holanda não conseguiu parar o ataque brasileiro, que manteve regularidade. Douglas, em outro contra-ataque, anotou 14 a 9. A equipe europeia cresceu no bloqueio e passou a anotar alguns pontos no fundamento, mas a boa vantagem permitiu que o Brasil encaminhasse a vitória. Um bloqueio triplo, uma bola de ‘check’ de Éder e um ataque potente de Evandro na saída de rede decretaram o fim do segundo set. Vitória brasileira por 25 a 17.

O terceiro set começou com as duas seleções tentando encontrar o ritmo no saque. O Brasil rapidamente assumiu liderança, anotando 7 a 3 e fazendo a comissão técnica holandesa pedir tempo. A velocidade das combinações de ataque da seleção brasileira dificultou as ações da defesa adversária. Em lindo bloqueio de Éder, a vantagem do Brasil era dobrada: 12 a 6. A partida seguiu com o Brasil mantendo a tranquilidade, enquanto a Holanda apresentava muitos erros. Em bloqueio de Evandro, o placar ficou ainda mais dilatado: 19 a 8. A seleção brasileira encaminhou a vitória em ponto de saque de Rodriguinho. A Holanda evitou o primeiro match point, mas em bola de Éder pelo meio, o Brasil venceu por 25 a 10. Festa no ginásio Guilherme Paraense e comemoração do grupo dentro de quadra.

BRASIL – Bruno, Wallace, Éder, Isac, Kadu e Douglas. Líbero – Thales
Entraram – Evandro, Milliam, Lucas Lóh, Maurício Souza
Técnico: Renan
Com site da CBV

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm