Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Liminar proíbe bloqueio de rodovias no interior paulista

Marcelo Camargo/Agência Brasil

A concessionária AB Colinas, que administra 307 quilômetros de rodovias no interior paulista, conseguiu nesta quarta (23) uma liminar impedindo o bloqueio das rodovias sob sua concessão. Em nota, a AB Colinas informa que “em relação às manifestações de movimentos dos caminhoneiros, respeita o direito democrático de manifestação popular ou de classes, mas entende que o direito de ir e vir e a segurança dos usuários de suas rodovias estão em primeiro lugar”.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A liminar concedida pela juiza Andrea Leme Luchini, da 1ª Vara Cível de Itu, estipula uma multa de R$ 100 mil para cada caminhoneiro que descumprir a decisão e bloquear uma das seguintes rodovias: SP-075, SP-127, SP-280, SP-300 e a SP-102/300. O despacho solicita imediata notificação para as polícias Rodoviária Federal e Militar para cumprimento da decisão. As rodovias se concentram na região de Campinas, sudeste do Estado de São Paulo.

Em seu despacho, a juíza alega que “ocorre o contingencimaneto de pessoas e o estacionamento irregular de veículos destinados a participar de protestos e manifestações na Rodovia Santos Dumont, SP-075, altura do quilômetro 36. Tal situação oferece risco não somente aos que participam do ato, atrelado à denominada Paralisação dos Caminhoneiros, de abrangência nacional, mas também aos usuários das rodovias, o que não se mostra aceitável”. A juiza alega legitimidade do protesto, mas “que os manifestantes não impeçam os demais usuários do exercício regular da rodovia, decorrente do direito de ir e vir”.

Paralisação
A Associação Brasileira de Caminhoneiros (ABCam) convocou, na semana passada, paralisação geral nacional a partir desta segunda-feira (21). A entidade cobra do governo federal medidas para mitigar o impacto do aumento do diesel, como a isenção de tributos.

Em ofício enviado ao governo federal, a entidade reivindicou a isenção de PIS, Cofins e Cide sobre o óleo diesel utilizado por transportadores autônomos. A associação também propõe medidas de subsídio à aquisição de óleo diesel, que poderia ser dar por meio de um sistema ou pela criação de um Fundo de Amparo ao Transportador Autônomo.

Ontem, o ministro da Fazenda, Eduardo Guadia, anunciou que o governo pretende zerar a Cide sobre o diesel, tão logo o Congresso Nacional aprove a reoneração da folha de pagamento para compensar a perda de arrecadação. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm