Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Usina Solar do Mineirão completa 5 anos de instalação

Elderth Theza

A usina solar fotovoltaica do Mineirão completou 5 anos na quinta-feira (17). Construída pela Cemig em 2013, em parceria com a Minas Arena e com recursos do banco alemão KfW, a instalação é uma das maiores do mundo na cobertura de um estádio, e tem capacidade de produção suficiente para atender o consumo médio de 1.200 residências.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

De acordo com Alexandre Heringer, na época coordenador de implantação do projeto pela Superintendência de Tecnologia e Alternativas Energéticas da Cemig – e hoje presidente da Efficientia, braço da Companhia na área de eficiência energética –, a usina permitiu ao Mineirão se tornar a primeira arena esportiva do Brasil dotada de painéis solares em sua cobertura, e obter a certificação LEED Platinum de sustentabilidade.

“O empreendimento ainda levou a mensagem da energia limpa para os milhões de espectadores da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos realizados no Brasil”, completou o executivo.

A cobertura do Mineirão de cerca de 9.500 m² recebeu cerca de 6.000 módulos fotovoltaicos em sua cobertura garantindo uma potência instalada de 1.420 KWp. Toda a energia gerada é enviada para a rede de distribuição da Cemig.

Na época, os investimentos na USF Mineirão foram de aproximadamente R$ 10,5 milhões, sendo que 80% desse valor foi financiado pelo banco alemão KfW, por meio de cooperação técnica Brasil-Alemanha.

Como funciona
Os módulos solares fotovoltaicos na cobertura do estádio captam a radiação solar e convertem em energia elétrica, em corrente contínua com tensão de 380 volts. Oitenta e oito inversores instalados em oito salas técnicas abaixo das arquibancadas transformam a corrente contínua em corrente alternada.

A energia é enviada a duas subestações, uma no lado sul e outro no lado norte do Mineirão. Nas subestações, a tensão é elevada para média tensão. Uma pequena parte de energia gerada é usada na manutenção da própria usina e todo o restante é injetado na rede da Cemig, por meio da subestação de conexão que fica dentro do estádio.

A usina fotovoltaica no “Gigante da Pampulha”, como o Mineirão é conhecido, tem performado com sucesso nesses cinco anos, produzindo em torno de 8% acima da previsão inicial, conforme atesta Juliano Fraga, técnico de operação de usinas responsável pela UFV Mineirão.

O acompanhamento de sua performance e outras informações sobre a usina pode ser obtido no endereço www.cemig.com.br/ufvmineirao. Com Agência Minas

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm