Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Projeto piloto regulariza imóveis em três comunidades no Rio

Vladimir Platonow/Agência Brasil

O governo federal, em parceira com a prefeitura do Rio de Janeiro, pretende lançar um projeto piloto em três comunidades da cidade para promover a regularização fundiária, com a entrega do título de propriedade para moradores de locais irregulares e clandestinos urbanizados. A informação foi dada nesta segunda (19) pelo ministro das Cidades, Alexandre Baldy, no Seminário Todos Pela Habitação, realizado pelo jornal O Globo e Extra, com patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Segundo o ministro, as localidades a serem contempladas serão escolhidas durante conversa com a prefeitura. “Nós estamos concluindo a escolha dessas três comunidades para iniciar esse projeto. A prefeitura vai definir as comunidades que têm as melhores condições para termos êxito nesse processo. Queremos pegar todas as iniciativas que já foram feitas e colocar no bojo do Ministério para a gente promover uma aceleração dessa titulação”.

O prefeito Marcelo Crivella destacou que, com a nova lei federal de Regularização Fundiária nº 13.465/17, o município conseguirá entregar 3.276 títulos em um ano e meio, contra os 4.895 entregues em 14 anos, entre 2002 e 2016.

Movimento Todos Pela Habitação
Baldy explicou que o ministério pretende fazer a discussão sobre moradia com a campanha Todos Pela Habitação, que seguirá os moldes do Todos Pela Educação, trazendo a sociedade para debater a questão com o poder público e encontrar soluções para o deficit habitacional do país, que está em 6,15 milhões de unidades.

Ele destacou a importância do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) para diminuir esse deficit. Segundo ele, no ano passado foram retomadas as obras para finalizar 50 mil unidades, com 80% concluídas, das 75 mil paralisadas. Baldy explicou que este ano o programa pretende contratar 650 mil unidades habitacionais em todo o país.

“Retomamos os programas rural, de entidades, o crédito solidário, para que pudesse ser promovido no ano. Agora nós fizemos totalmente diferente do que era. Antes eram selecionadas propostas. Agora nós selecionamos projetos dando prazo curto para contratar e iniciar a obra. Nós queremos que os recursos sejam colocados na obra, para gerar emprego, renda e moradia”, disse o minsitro.

De acordo com Baldy, são 55 mil unidades para ser entregues ainda em março e já têm mais de 400 mil em construção. Ele lembrou a importância de se dar estrutura social para os condomínios construídos pelo MCMV, e que, agora, pretende contar com o apoio da Caixa Econômica Federal.

Dificuldades
O governador Luiz Fernando Pezão falou das dificuldades que o estado encontra para conseguir terrenos a serem ocupados por empreendimento do MCMV e por equipamentos públicos para dar suporte à localidade. Segundo ele, é preciso facilitar a desapropriação de imóveis.

“Tem que entrar o social, mas tem lugares que não tem terreno mais pra fazer. Em lugares com ao Maré a gente está vendo o trabalho que a prefeitura está fazendo, com creche e escolas municipais. Mas no Pavão Pavãozinho não tem condições. Não tem projeto melhor do que o Minha Casa Minha Vida, é a melhor política. Em Manguinhos cheguei em 2007 e encontrei as pessoas morandono Rio numa fábrica abandonada. Vocês não sabem a burocracia que é para desapropriar um terreno, como foi nesse caso”, disse o governador.

Pezão também reclamou da descontinuidade dos trabalhos na área de habitação provocada pela troca de comando nas prefeituras.“O compromisso com a cidade tem que ser maior [que as eleições]”.

Todos destacaram a importância da construção civil na geração de empregos no país, principalmente em tempos de crise econômica, e na necessidade de uma moradia digna para combater a violência. “Cidades que agregam são criativas. Cidades que segregam são violentas”, completou o prefeito, pedindo que o Judiciário ajude a agilizar as desapropriações de imóveis para serem destinados aos programas habitacionais. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm