Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Cruzeiro é derrotado pelo Boca Juniors em noite de expulsão absurda de Dedé

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Após dez anos sem se enfrentarem, Boca Juniors e Cruzeiro duelaram na noite desta quarta-feira no estádio La Bombonera, em Buenos Aires. Primeiro compromisso pelas quartas de final da Copa Conmebol Libertadores, o jogo terminou com vitória por 2 a 0 para a equipe argentina, com gols de Zárate e Pablo Pérez.
Destaque negativo para a arbitragem da partida, determinante para o resultado final. Após choque involuntário do zagueiro Dedé com o goleiro Andrada, do Boca Juniors, o árbitro entendeu como falta e expulsou absurdamente o defensor cruzeirense.
A Raposa volta a encarar os argentinos no dia 4 de outubro, quarta-feira, às 21h45, no Mineirão.
O próximo compromisso do clube está marcado para o próximo domingo, quando enfrenta o Santos, às 19h, no Gigante da Pampulha, pelo Campeonato Brasileiro.
O jogo
O tradicional duelo sul-americano começou logo com um lance de perigo do time mineiro. Aos 50 segundos, Rafinha cobrou escanteio, Thiago Neves cabeceou em direção ao gol e quase surpreendeu o goleiro Andrada com a bola desviando na trave.
O Boca Juniors chegou com perigo pela primeira vez somente aos 14 minutos. Depois de receber de Zárate, Benedetto arriscou o chute, com desvio do zagueiro Léo, sem grandes consequências para a Raposa.
Aos 35 da primeira etapa, o time argentino teve cobrança de escanteio. Perez recebeu a bola fora da área e deu o passe para Zárate, que bateu no canto direito do goleiro Fábio e abriu o placar para a equipe da casa: 1 a 0.
Na volta para o segundo tempo, o Cruzeiro mostrou pressão já aos 2 minutos. Robinho cruzou para Thiago Neves dentro da área, que quase alcançou de cabeça, mas a bola passou direto e saiu na linha de fundo.
No minuto seguinte, o clube celeste quase igualou o marcador em mais um lançamento de Robinho, dessa vez para o meia Rafinha, que tocou para o gol adversário. Barrios salvou incrivelmente o Boca Juniors ao tirar em cima da linha.
Quando eram decorridos 12 minutos da etapa final, o Boca novamente levou perigo com Zárate, que chutou de fora da área. A bola explodiu na trave do camisa 1 cinco estrelas.
Aos 24 minutos, após disputa dentro da área, o zagueiro Dedé disputou o lance com o goleiro Andrada, em que os dois se chocaram. O árbitro da partida entendeu como falta e expulsou o defensor cruzeirense.
Com um a mais, o Boca Juniors ampliou o placar aos 36. Após sobrada de bola, Pablo Pérez emendou com um chute forte, garantindo a vitória para a equipe da casa.
BOCA JUNIORS 2 X 0 CRUZEIRO
Motivo: Jogo de ida das quartas de final da Copa Conmebol Libertadores
Data: 19/09/2018 (quarta-feira)
Local: Estádio La Bombonera, em Buenos Aires-ARG
Árbitro: Éber Aquino (PAR)
Gols: Zárate (Boca Juniors), aos 35 minutos do 1º tempo, e Pablo Pérez, aos 36 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Olaza e Nández (Boca Juniors); Edilson (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Dedé (Cruzeiro)
Boca Juniors: Andrada; Jara, Izquierdoz, Magallán e Olaza; Barrios, Nández e Pablo Pérez (Almendra); Pavón, Benedetto (Tevez) e Zárate (Villa). Técnico: Guillermo Schelotto
Cruzeiro: Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho, Thiago Neves (Rafael Sóbis) e Rafinha (Manoel); Barcos (Raniel). Técnico: Mano Menezes
Com site do Cruzeiro

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm