Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

São Victor salva e Galo avança na Copa do Brasil

Bruno Cantini/Atlético

São Victor do Horto entrou em ação na noite de quarta-feira (14), na Arena Independência, para levar o Atlético à quarta fase da Copa do Brasil.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Depois da derrota por 2 a 1 para o Figueirense, no tempo normal, o goleiro atleticano defendeu dois pênaltis, cobrados por Jorge Henrique e Diego Renan, e garantiu a classificação atleticana.

Fábio Santos, Ricardo Oliveira, Tomás Andrade e Luan converteram as cobranças para o Galo, que venceu a disputa de pênalti por 4 a 2.

No tempo normal, Zé Antônio abriu o placar para os visitantes aos 20 minutos do primeiro tempo e Ricardo Oliveira empatou a partida cinco minutos depois. No segundo tempo, aos 25, Jorge Henrique fez 2 a 1 para o time catarinense. O Galo venceu o jogo de ida por 1 a 0, em Florianópolis.

Na 4ª fase da Copa do Brasil, a última antes das oitavas de final, a definição do adversário e dos mandos de campo acontecerá por sorteio, a ser realizado na próxima segunda-feira, às 11h, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

O Atlético voltará ao Horto neste domingo para enfrentar a URT, às 16h, no jogo de único das quartas de final do Campeonato Mineiro.

O jogo
O Figueirense precisou fazer substituição logo nos minutos iniciais. Cleberson se contundiu em disputa de bola com Ricardo Oliveira e foi substituído por Eduardo Bauermann.

O Atlético teve a primeira chance na cobrança de escanteio de Patric e o cruzamento do lateral foi cortado pela defesa catarinense.

Fábio Santos cruzou pela esquerda, aos 19 minutos, e a zaga afastou o perigo. Patric tentou aproveitar o rebote, mas acabou adiantando muito a bola, que saiu pela linha de fundo.

Em cobrança de falta, aos 21 minutos, Zé Antônio fez 1 a 0 para o time de Florianópolis. O Atlético tentou a reagir de imediato com Róger Guedes, que recebeu lançamento de Otero pela direita e cruzou para corte da defesa visitante.

O empate atleticano aconteceu aos 25 minutos, quando Ricardo Oliveira recebeu ótimo passe de Adilson na grande área pela esquerda e chutou cruzado para vencer o goleiro Denis: 1 x 1.

Ricardo Oliveira quase fez o segundo em belo arremate de perna esquerda, de fora da área, defendido pelo goleiro Denis.

Róger Guedes fez nova tentativa pela direita, mas o cruzamento rasteiro foi interceptado pelo zagueiro. Na última chance da etapa inicial, Otero sofreu falta na intermediária, ele mesmo cobrou e a bola explodiu no defensor catarinense.

O Atlético voltou para o segundo tempo com Maidana no lugar de Gabriel e fez outra mudança aos 12 minutos, quando Róger Guedes foi substituído por Luan.

Fábio Santos cruzou pela esquerda, aos 18 minutos, Ricardo Oliveira cabeceou e Denis fez a defesa. Em lance de contra-ataque, Cazares tentou de longa distância, para fora.

Jorge Henrique fez 2 a 1 para o Figueirense, aos 25 minutos. Em seguida, Otero foi substituído por Tomás Andrade.

Patric foi à linha de fundo pela direita cruzou ara mais um desarme da defesa do Figueirense. Aos 36, depois de boa troca de passes, Patric cruzou mais uma vez e Denis fez a defesa antes que a bola encontrasse Ricardo Oliveira na segunda trave.

Ricardo Oliveira fez boa jogada aos 40 minutos e exigiu boa defesa de Denis no canto esquerdo. Na sequência do lance, Patric pegou o rebote e concluiu para fora.

O Galo ainda tentou em cruzamentos de Cazares e Fábio Santos, mas a decisão foi mesmo para os pênaltis, onde brilhou a estrela do goleiro Victor, defendendo dois pênaltis.

Ficha do jogo
Atlético(4) 1×2 (2) Figueirense
Motivo: Copa do Brasil (3ª fase / Volta)
Data: 14/03/2018
Hora: 21h45
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gols: Zé Antônio (20’ – 1ºT), Ricardo Oliveira (25’ – 1ºT), Jorge Henrique (25’- 2ºT)
Pênaltis: Fábio Santos, Ricardo Oliveira, Tomás Andrade, Luan (Atlético); André Luis, Cedrón (Figueirense)
Público: 15.169
Renda: R$199.445,00
Árbitro: Dyorgines Padovani de Andrade (CBF/ES)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (CBF/ES) e Vanderson Antônio Zanotti (CBF/ES).
4º Árbitro: Ronei Cândido Alves (CBF/MG)
Cartões amarelos: Leonardo Silva, Ricardo Oliveira (Atlético); Gustavo Ferrareis, Jorge Henrique (Figueirense)

Atlético: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel (Maidana), Fábio Santos, Adilson, Arouca, Cazares, Otero (Tomás Andrade), Róger Guedes (Luan), Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

Figueirense: Denis, Diego Renan, Nogueira, Cleberson (Eduardo Bauermann), Guilherme Lazaroni, Zé Antônio, Betinho (Pereira), Gustavo Ferrareis, Jorge Henrique, Maikon Leite (Cedrón), André Luis. Técnico: Milton Cruz.
Com informações do Atlético-MG

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm