Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Brasil vence a França em jogo muito disputado pelo Mundial de vôlei

Foto: FIVB/Divulgação

Um jogo de alto nível técnico e muita raça deu ao Brasil a segunda vitória no Campeonato Mundial masculino de vôlei. Nesta quinta-feira (13.09), o time dirigido pelo técnico Renan brilhou e conseguiu o resultado positivo sobre a França neste que é considerado um dos clássicos do voleibol mundial. Em Ruse, na Bulgária, a seleção brasileira venceu por 3 sets a 2 (25/20, 25/20, 21/25, 23/25 e 15/12).

O Brasil é tricampeão do mundo após conquistar os títulos em 2002, 2006 e 2010. Na mais recente edição, em 2014, fez a quarta final consecutiva, mas acabou superado pela Polônia, que jogava em casa, e ficou com a medalha de prata.

A equipe verde e amarela folga na rodada desta sexta-feira (14.09), mas estará em quadra para treinar na preparação para a partida contra a Holanda, no sábado (15.09). O terceiro desafio do Brasil neste Mundial será às 14h30 (Horário de Brasília).

A seleção brasileira já volta à quadra nesta quinta-feira (13.09) para enfrentar a França pela segunda rodada da competição. A partida vai ser às 14h30 (Horário de Brasília).

Nesta quinta-feira, o oposto Wallace foi o maior pontuador do Brasil, com 20 acertos (18 de ataque e dois de bloqueio). Satisfeito com a atuação do time e, principalmente com o resultado, o atacante comemorou.

“O jogo de hoje foi realmente um teste muito grande. Oscilamos em alguns momentos e temos que corrigir isso para não perder pontos, pois levamos resultados para a próxima fase. Temos que oscilar menos, sem dúvidas, mas o ponto positivo é que não desistimos do jogo em momento nenhum. Mesmo com pontos atrás, buscamos e a vitória foi muito importante para tentarmos ficar em primeiro do grupo”, disse Wallace.

Com boa distribuição do levantador Bruninho, a seleção brasileira contou com outros destaques na pontuação. O ponteiro Lipe marcou 15 pontos bem distribuídos: sete de ataque, seis de bloqueio e dois de saque. O ponteiro Douglas fez 14 pontos, e o central Lucão, 12. Estreante em uma edição de Campeonato Mundial, Douglas analisou o importante resultado conquistado pelo Brasil.

“Foi mais um jogo difícil, como sempre acontece contra a França, mas soubemos passar por todos os momentos de dificuldade como um time. Todos que entraram ajudaram. A França jogou o fino do vôlei, mas conseguimos suportar e virar o jogo. Essa vitória é muito importante para a nossa classificação. Talvez a mais importante da nossa chave. O campeonato é longo, mas foi um bom resultado para a sequência da competição”, afirmou Douglas.

O JOGO

Lucão abriu o placar da partida e o Brasil ainda fez 2/0. A equipe verde e amarela seguiu mantendo dois de vantagem até 6/4. A França virou o placar e teve 8/7 no primeiro tempo técnico. No ace de Lucão, o Brasil reassumiu o comando do placar: 9/8. O set passou a ser disputado ponto a ponto (12/12). Em grande passagem de Isac pelo saque, Bruninho bloqueou, fez 13/12, e Wallace no ataque marcou 14/12. Os franceses pediram tempo. Com dois bloqueios de Lipe, o Brasil chegou a 19/15. Depois de um ponto bastante disputado, o bloqueio pegou mais uma vez e a seleção brasileira fez 20/16, forçando o adversário a pedir tempo. No final, vitória brasileira por 25/20.

A segunda parcial começou equilibrada. No bloqueio de Lipe, o Brasil fez 4/3. Com mais dois pontos de bloqueios seguidos, ambos com Lucão, a seleção brasileira abriu três de vantagem: 8/5. Os franceses reagiram e encostaram no placar em 8/9. O Brasil voltou a pontuar bem e, com Wallace, chegou a 12/9. O placar voltou a ficar equilibrado e esteve igual em 14/14. Com Isac e Wallace, a seleção brasileira foi para o tempo técnico com dois a frente (16/14). Douglas fez 18/15. A vantagem aumentou em 21/17 e, quando caiu para 21/19, Renan pediu tempo. Com um ace de Lipe e bloqueio de Evandro, o Brasil fechou em 25/20.

O terceiro set começou melhor para a França, que marcou 4/1 e Renan parou o jogo com pedido de tempo. Os franceses seguiram bem e, em grande passagem de Brizard no saque, chegaram a 7/2. A diferença no placar aumentou em 10/4. Depois de muita disputa, Douglas pontuou e o Brasil fez 6/11. Ngapeth marcou 15/9 para a seleção francesa. No bloqueio de Bruninho, 11/15. Com Douglas no contra-ataque e no bloqueio, o Brasil aproximou no placar em 13/16. Lucão marcou 14/16. A diferença no marcador se manteve em 17/19. Com ponto de saque, a França marcou 23/19. O Brasil fez 20/23, mas o adversário fechou em 25/21.

O Brasil abriu o marcador do quarto set com ponto de bloqueio de Lucão. A França respondeu e, novamente com Brizard bem no saque, fez 3/2. Com Ngapeth pontuando bem, os franceses chegaram a 7/3 e Renan pediu tempo. Com Lipe, o Brasil marcou 5/7. No bloqueio de Bruninho, tudo igual: 9/9. No bloqueio duplo, com Lucão e Lipe, o Brasil assumiu o comando do placar em 12/11. A vantagem aumentou e no tempo técnico a equipe verde e amarela vencia por 16/14. No ponto de saque, a França chegou ao empate (16/16). Lucas Lóh fez 17/16. Explorando o bloqueio brasileiro, o adversário marcou 18/17. Maurício Souza marcou 21/22. A França chegou a fazer 24/21 e, no ponto de saque de Lipe, o Brasil encostou em 23/24, mas foram os franceses que fecharam em 25/23.

O set decisivo teve o empate em 3/3. Depois de muita disputa, Wallace colocou a bola no chão e o Brasil fez 4/3. Novamente com Wallace depois de mais um longo rally, a seleção brasileira chegou a 6/4. Os franceses buscaram a reação e, na troca de quadra, venciam por 8/6. A parcial seguiu disputada ponto a ponto (12/12). No bloqueio simples de Lipe, o Brasil fez 13/12 e no de Maurício Souza, 14/12. No final, vitória brasileira por 15/12.

EQUIPES

BRASIL – Bruninho, Wallace, Isac, Lucão, Lipe e Douglas. Líbero – Thales
Entraram – Éder, Evandro, William, Lucas Lóh, Maurício Souza
Técnico: Renan

FRANÇA – Toniutti, Boyer, Le Goff, Chinenyeze, Tillie e Ngapeth. Líbero – Grebennikov
Entraram – Patry, Lyneel, Brizard, Rossard
Técnico: Laurent Tillie

TABELA – Primeira fase

12.09 (QUARTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Egito (25/17, 25/22 e 25/20)
13.09 (QUINTA-FEIRA) – Brasil 3 x 2 França (25/20, 25/20, 21/25, 23/25 e 15/12)
15.09 (SÁBADO) – Brasil x Holanda, às 14h30
17.09 (DOMINGO) – Brasil x Canadá, às 14h30
18.09 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil x China, às 11h

Com site da CBV

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm