Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Rio volta a montar árvore de Natal da Lagoa, após dois anos

Divulgação

Um dos símbolos mais conhecidos do Natal no Rio de Janeiro volta à cena depois de dois anos. A Árvore de Natal da Lagoa Rodrigo de Freitas, que foi montada pela última vez em 2015, será novamente instalada este ano. Sem patrocínio, a árvore deixou de ser montada em 2016 e 2017, interrompendo uma tradição de 20 anos.

Agora chamado de Árvore do Rio, o ícone do Natal carioca volta com patrocínio da BR Petrobras. A informação foi divulgada esta semana. Os valores investidos não foram revelados. A inauguração será no dia 1º de dezembro, com um grande show musical e de fogos, com estimativa de público de 200 mil pessoas.

O presidente da BR Petrobras, Ivan de Sá, disse que a volta da árvore, que tem 70 metros de altura e é enfeitada por 900 mil lâmpadas de led, coincide com o momento positivo vivido pela empresa, com as tendências favoráveis do mercado de petróleo e a retomada dos investimentos.

“Para a BR, isto é muito importante, pois estamos em um momento de crescimento da empresa. Nós estamos passando por uma transformação. A BR abriu capital há menos de um ano, com excelentes perspectivas”, afirmou Ivan.

Segundo o empresário Roberto Medina, fundador do Grupo Artplan e idealizador da Árvore da Lagoa, a volta do símbolo natalino representa um momento positivo tanto para o Rio de Janeiro quanto para o Brasil, com a perspectiva do fim da crise. “Eu realmente vejo isso. Os projetos estão se alinhando. A gente vem de uma crise econômica e política muito grave. As coisas estão se acomodando. Eu estou bem mais otimista”, disse Medina.

Presente ao lançamento, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, também projetou um futuro melhor para o estado, inclusive pela recuperação do preço do barril do petróleo, item fundamental na economia fluminense. “Eu peguei 14 meses de governo com o preço do barril do petróleo a US$ 28 e 12 meses a US$ 32. Não foi fácil. Agora está variando na casa de US$ 75 a US$ 80, o que melhora muito a situação do estado, que ainda tem uma economia muito dependente do petróleo.”

Pezão disse que o próximo governador do estado, Wilson Witzel, vai ter instrumentos para não passar o que ele passou. “Eu não quero que ele passe o que eu passei”, afirmou. Segundo Pezão, nos últimos anos, o estado do Rio perdeu R$ 40 bilhões em arrecadação por causa da crise, principalmente no setor do petróleo, com a queda dos preços internacionais e os escândalos que envolveram dirigentes da Petrobras, que frearam os investimentos da companhia.

A Árvore do Rio ficará acesa todas as noites até o dia 6 de janeiro. O projeto cenográfico é de Abel Gomes. A construção da árvore envolve cerca de 1.200 pessoas, entre produtores, engenheiros, técnicos e artistas. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm