Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Turma do STF absolve deputado Paulo Magalhães

Nelson Jr./SCO/STF

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (9) absolver o deputado federal Paulo Magalhães (PSD-BA) da acusação de crime eleitoral.

Na campanha de 2010, o deputado foi acusado pelo Ministério Público de inserir informação falsa na prestação de contas entregue à Justiça Eleitoral. De acordo com a acusação, o parlamentar teria indicado uma empresa como doadora da campanha, mas a doação de R$ 28 mil não ocorreu.

Ao julgar o caso, o colegiado seguiu parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) e a manifestação da defesa para absolver Paulo Magalhães. De acordo com as investigações, não há provas suficientes para condenar o deputado, ou seja, não foi possível comprovar a intenção do parlamentar de cometer o crime.

Após o término da investigação, a Justiça Eleitoral concluiu que o valor se tratou de serviços de propaganda para a campanha do parlamentar, conforme nota fiscal emitida, e não houve doação.

“Assim sendo, na ausência de um conjunto probatório que, de forma segura, evidencie a vontade de se praticar o núcleo do tipo penal por parte do réu, não há que se falar em crime, porquanto o delito de falsidade ideológica eleitoral não admite a modalidade culposa”, disse a PGR. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm