Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Gleisi afirma que a pedido de Lula, Haddad não irá mais visitá-lo

Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), disse hoje (9) que o candidato do partido à Presidência, Fernando Haddad, a pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, não deve visitá-lo em Curitiba na etapa final da campanha. Lula está preso desde abril na carceragem da Polícia Federal após condenação em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP).

Ir a Curitiba nas segundas-feiras passou a fazer parte da rotina de Haddad, como ocorreu ontem (8) logo após o primeiro turno das eleições. De acordo com Gleisi, foi o próprio Lula que determinou a Haddad para concentrar os esforços na campanha.

“’Manda o Haddad fazer campanha, não precisa mais vir aqui’”, disse a presidente do PT repetindo a frase que teria sido dita por Lula. “Estamos com um curto espaço de tempo. Só temos mais duas semanas”, justificou sobre a orientação do ex-presidente. A senadora participou de reunião do diretório nacional da legenda e governadores.

Apoios
Haddad passou a manhã de hoje (9) reunido com líderes do PT. À tarde, ele recebeu o apoio dos governadores do Maranhão Flávio Dino (PCdoB); do Piauí, Wellington Dias (PT); da Bahia, Rui Costa (PT); de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT) e do Ceará, Camilo Santana (PT).

Haddad reuniu-se ainda com o candidato pelo PSOL, Guilherme Boulos, que oficializou apoio no segundo turno. “É o primeiro partido que a gente tem o apoio formal e encontro com Fernando Haddad”, enfatizou. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm