Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Transferidos para Brasília, São Paulo e Esteio (RS) mais 204 venezuelanos

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O programa de interiorização dos venezuelanos transferiu ontem (5) mais 204 imigrantes de Boa Vista para Brasília, São Paulo e Esteio (RS). Os refugiados saíram da capital roraimense em voo da Força Aérea Brasileira. Havia a previsão de que mais 13 venezuelanos embarcariam ontem, mas eles preferiram aguardar para serem transferidos com parentes em outra oportunidade.

O deslocamento está sendo coordenado pelo governo federal em parceria com agências da Organização das Nações Unidas (ONU) e apoio de entidades da sociedade civil e autoridades locais. Ontem, quatro venezuelanos desembarcaram em Brasília, 75 foram acolhidos em São Paulo e 125 chegarão no Rio Grande do Sul no início da noite.

O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, acompanhou a transferência de hoje dos venezuelanos. “O balanço que a gente faz [do programa de interiorização] é de enorme sucesso, de uma grande operação que estamos fazendo de resgate, de cidadania e, sobretudo, de ajuda humanitária”, disse Beltrame, depois do desembarque em São Paulo.

Segundo o ministro Beltrame, entraram no país cerca de 150 mil venezuelanos, mas a maioria já deixou o Brasil. A maior parte dos que permanecem está abrigada em Roraima. O ministro comentou que a interiorização dos refugiados pode diminuir a pressão sobre o estado de Roraima, em especial a cidade de Pacaraima, que fica na fronteira com a Venezuela, e não comporta um grande número de imigrantes.

“A grande preocupação, neste momento, é acolhê-los, abrigá-los e, na sequência imediata, é colocá-los no trabalho, para que eles possam definitivamente se inserir na sociedade brasileira”, acrescentou.

No Rio Grande do Sul, além do município de Esteio, a cidade de Canoas também deve receber mais imigrantes nos próximos dias. Para o dia 12 de setembro, está prevista a transferência de 200 pessoas para Canoas e, no dia 13, mais 202 devem chegar novamente em Brasília (10), Esteio (96) e Canoas (96). Os números podem mudar até o momento do embarque.

O MDS repassou recursos aos dois municípios do Rio Grande do Sul para apoiar a acolhida dos imigrantes. Canoas receberá R$ 1,2 milhão e Esteio R$ 534,4 mil para incrementar os serviços de saúde, assistência social, entre outros. Os custos de aluguel serão cobertos pela ONU.

Segundo a Casa Civil, já foram transferidos 1.507 venezuelanos de Roraima para oito estados do país, incluindo as transferências de ontem e hoje. O governo espera transportar cerca de 400 imigrantes por semana até o fim deste mês. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm