Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Mais de 1.700 pessoas morreram na travessia do Mediterrâneo em 2018

Foto: Arquivo/Unicef/Ashley Gilbertson VII

Pelo menos 1.733 imigrantes morreram na travessia pelo Mar Mediterrâneo de janeiro a 26 de setembro deste ano, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), vinculada às Nações Unidas. Há três dias, três pessoas morreram ao tentar chegar à Espanha: uma mulher marroquina de 19 anos foi baleada e outras três ficaram feridas.

Segundo a entidade, 35.859 homens, mulheres e crianças foram resgatados nas águas do Mediterrâneo Ocidental até 26 de setembro. São numerosos os relatos de embarcações impedidas de avançar por ordens das autoridades dos países. Organizações não-governamentais reúnem depoimentos de mulheres e crianças que passam dificuldades por essas restrições.

Pelo levantamento da OIM, 81.207 imigrantes entraram na Europa por via marítima, ao longo do ano.

O país que mais recebe imigrantes na Europa é a Espanha, registrando 44% de todas as chegadas até o fechamento da pesquisa. O percentual é o dobro do recebido pela Grécia e quase sete vezes o da Itália.

A organização ressaltou a preocupação com a supervisão do retorno humanitário voluntário de 12.372 imigrantes retidos que deixaram a Líbia para seus países de origem. Desde 1º de janeiro de 2017, a OIM assistiu a um total de 31.743 migrantes abandonados que desejam deixar a Líbia para quase três dúzias de países na África e na Ásia. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm