Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Coelho tem novidades no coletivo

nvcoletivoamerica
Três dos cinco reforços contratados para o Campeonato Brasileiro e sequência da Copa do Brasil foram as novidades do treino coletivo nesta manhã de quarta-feira, no CT Lanna Drumond. O técnico Givanildo Oliveira utilizou os meias Tony e Henrique e o atacante Willie na atividade. O lateral Walber, que não pode atuar na Copa do Brasil por ter disputado a competição pelo ex-clube, e por ter feito teste ergométrico no início da manhã, não participou da atividade. Outra novidade foi o lateral direito Patrick, recuperado de lesão, que voltou aos treinos normais com o grupo nesse coletivo.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook     Siga o Portal GRNEWS no twitter

O zagueiro Alison trinou no time principal. O jogador pode ganhar a chance como titular no lugar do suspenso Wesley Matos. Ele terá de cumprir uma suspensão pela expulsão no último jogo do Brasileiro do ano passado. Anderson Conceição, seu companheiro de zaga, não vê diferença no modo de atuar dos colegas.

“Não muda nada, porque já conheço o Alison. Já jogamos juntos contra o Atlético Mineiro e contra o Luziânia. Continua igual, é um jogador com as mesmas características que o Wesley. O Alison é um cara experiente que conhece bem o futebol e vai ajudar a gente bastante na estreia”, comenta Anderson Conceição.

A zaga foi o setor mais elogiado no Campeonato Mineiro e, segundo o próprio Givanildo Oliveira, dificilmente sofrerá mudanças se mantiver o desempenho. Para Anderson, a confiança do grupo é satisfatória e a meta é repetir as boas atuações na Série B.

“Dá mais tranqüilidade, porque a gente fez um bom campeonato. Tomamos poucos gols, quando fomos exigidos a gente sempre correspondeu. É continuar trabalhando, todos os zagueiros que estão aqui têm a capacidade de jogar. A competição é exigente, temos que nos preparar, porque vai ser jogo atrás de jogo e a gente quer brigar no Brasileiro para ter uma defesa boa. A defesa que tomar menos gols estará sempre no G4. Ano passado eu estava no Joinville, que foi campeão, e nosso treinador sempre falava que a defesa que tomasse menos gols na competição teria condições de sempre estar no G4”, recorda o zagueiro. Com site do América-MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm