Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Reservas provadas da Petrobras atingiram 12,4 bilhões de barris no final de 2017

As reservas provadas de óleo, condensado (um hidrocarboneto leve) e gás natural da Petrobras atingiram 12,415 bilhões de barris de óleo equivalente (boe), em 31 de dezembro de 2017. A informação foi divulgada na noite de segunda (29) pela companhia. O volume apurado segue os critérios da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e da Society of Petroleum Engineers. Pelos mesmos critérios, em 2016, as reservas eram de 12,514 bilhões de boe.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A companhia informou ainda que, mesmo com o recorde de produção em 2017, conseguiu repor 89% do volume produzido, principalmente, por causa da perfuração de novos poços e melhor comportamento dos reservatórios no pré-sal das bacias de Santos e Campos. Já nos campos terrestres, o destaque, de acordo com a Petrobras, foi a redução dos custos operacionais na Bacia do Solimões, no estado do Amazonas.

Em 2017, a produção média de petróleo no Brasil registrou o quarto ano consecutivo de recorde. Foram 2,15 milhões de barris por dia (bpd), 0,4% acima do resultado do ano anterior. No início de 2018, quando fez esse anúncio, a companhia informou que, pelo terceiro ano seguido, cumpriu a meta de produção, confirmando a previsibilidade das suas projeções.

Na nota de hoje, a petroleira informou também que a relação entre o volume de reservas e o volume produzido é de 13,5 anos, sendo de 13,7 anos no Brasil. O Índice de Desenvolvimento (ID), que é a relação entre as reservas provadas desenvolvidas e as reservas provadas, ficou em 49% em 2017.

Critérios da SEC
O volume das reservas tem um valor diferente se forem analisadas pelos critérios da US Securities and Exchange Commission (SEC), que é correspondente à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) do Brasil. Conforme a Petrobras, neste caso, em 31 de dezembro de 2017, as reservas provadas de óleo, condensado e gás natural da Petrobras alcançaram 9,752 bilhões de barris de óleo equivalente (boe). Em 2016, eram de 9,672 bilhões de boe.

No critério da SEC, a estatal teve um Índice de Reposição de Reservas (IRR) de 109%. A relação entre o volume de reservas e o volume produzido é de 10,6 anos, sendo de 10,7 anos no Brasil, com o Índice de Desenvolvimento (ID) de 53% em 2017.

A Petrobras acrescentou que a principal diferença entre os critérios ANP/SPE e SEC “é o preço do petróleo considerado no cálculo da viabilidade econômica das reservas”.

O critério utilizado para a certificação das reservas é o da SEC. “A Petrobras, historicamente, submete à certificação pelo menos 90% de suas reservas provadas segundo o critério SEC. Atualmente, a empresa certificadora é a D&M (DeGolyer and MacNaughton)”, informou a empresa na nota. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm