Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Cruzeiro é o maior vencedor nacional de 2017

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O Cruzeiro dominou o cenário nacional em 2017. Nenhum clube conquistou mais títulos do que a Raposa na temporada. Das 17 competições organizadas pela CBF, o clube mineiro levou a taça em quatro oportunidades. Além da equipe profissional, que faturou a Copa do Brasil, a base também se destacou e alcançou o ponto mais alto do pódio no Brasileiro Sub-20 e na Supercopa Sub-20. No mundo virtual, Henrykinho coroou o ano cruzeirense com o prêmio do e-Brasileirão.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O primeiro grito de “É Campeão!” do torcedor cruzeirense saiu ao fim da Copa do Brasil. Disputando a competição desde a Primeira Fase, a Raposa se credenciou à final do torneio mais democrático do futebol brasileiro ao superar Volta Redonda-RJ, São Francisco-PA, Murici-AL, São Paulo-SP, Chapecoense-SC, Palmeiras-SP e Grêmio-RS. Após o empate em 1 a 1 com o Flamengo no Maracanã, a Celeste faturou o título ao empatar em 0 a 0 no Mineirão e levar a melhor na disputa dos pênaltis 5 a 3.

Nas divisões de base, a Raposinha também se destacou. A equipe sub-20 do clube mineiro alcançou o topo do pódio no Brasileiro e na Supercopa da categoria. Assim como os profissionais, os meninos da Toca da Raposa demonstraram frieza para conquistar as duas competições, que foram decididas nas cobranças de pênaltis.

No Brasileiro Sub-20, o Cruzeiro empatou os dois duelos da final com o Coritiba em 1 a 1. A festa celeste no Couto Pereira foi garantida após a vitória na disputa de pênaltis por 7 a 6. Com o título, a Raposa ganhou o direito de lutar pela Supercopa da categoria contra o Atlético-MG, campeão da Copa do Brasil Sub-20. Contra o rival mineiro, o Cruzeiro empatou os dois jogos da final (0 a 0 e 2 a 2), mostrou sangue frio nas cobranças de pênaltis e ficou com o troféu da competição ao superar o Galo por 4 a 2.

O Cruzeiro também brilhou fora das quatro linhas. No mundo dos games, Cláudio Henrique “Henrykinho” Mesquita garantiu o título inédito do e-Brasileirão para o clube do coração. Vice-campeão em 2016, Henrykinho se tornou o melhor jogador brasileiro do “PES” (Pro Evolution Soccer) ao levantar a taça da segunda edição da competição nacional, que reuniu representantes dos 20 clubes da Série A do Brasileiro. Com apenas 16 anos, o participante mais jovem da competição festejou a quarta conquista da Raposa no ano.

– Representar o time que acompanho, que torço desde de pequeno, e agora ganhar um título por ele, me deixa sem palavras. Estava muito focado e a final de 2016 me deu muita experiência – afirmou Hernykinho. Com site da CBF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm