Banner Águas de Pará de Minas   Banner Fapam

IBGE verifica queda superior a 2,5% no desmatamento florestal em cinco anos


O Mapa de Cobertura e Uso da Terra no Brasil, com dados até 2014, indica significativa redução do desmatamento florestal no país. O processo de desflorestamento, que já havia caido 1,8% de 2010 a 2012, reduziu mais 0,8% entre 2012 e 2014.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado na quarta (28), destaca que nos três últimos anos analisados houve alterações de 4,6% na cobertura do território brasileiro, com ligeiro aumento em relação aos 3,5% de alterações verificadas de 2010 a 2012,

O mapa do IBGE traz um relatório completo sobre mudanças na cobertura e uso da terra, com comentários, tabelas e gráficos – resultado da interpretação de imagens de satélite captadas em 2014, além de levantamentos de campo e de informações correlatas em todo o país.

O estudo ressalta que, de forma geral, prossegue a expansão da agricultura, das pastagens com manejo, da silvicultura e das áreas artificiais, além de continuarem as reduções nas áreas com vegetação natural não-arbórea, predominantes nos biomas Cerrado e Caatinga, bem como na pampa gaúcha.

A redução das pastagens naturais se intensificou, passando de 7,8% (2010-2012) para 9,4% (2012-2014). “Nota-se uma tendência de expansão das áreas agrícolas e das pastagens com manejo, preferencialmente sobre as áreas de pastagens naturais”, ressalta o IBGE.

Floresta Plantada
Outra importante constatação na publicação do IBGE diz respeito ao expressivo crescimento de 23,8% das áreas voltadas para a silvicultura (florestas plantadas), de 2012 a 2014, comparado ao aumento de 4,6% no triênio anterior.

O relatório indica que as áreas de silvicultura cresceram especialmente nos terrenos de pastagens, naturais ou com manejo. “Os aprimoramentos técnicos no mapeamento ” foram responsáveis por cerca de 50% do “expressivo acréscimo” nas áreas de silvicultura, pois houve melhora na qualidade das imagens captadas em 2014, com redução de nuvens em algumas regiões do país, como o litoral do Nordeste”, de acordo com a análise técnica.

Em contrapartida, o relatório constatou continuação da expansão das áreas de uso agrícola, com taxa de crescimento praticamente no mesmo patamar, com ligeiro declínio de 8,6% (2010-2012) para 8,2% (2012-2014).

Também houve significativa redução na taxa de crescimento das pastagens com manejo, que caiu de 11,1% (2010-2012) para 4,5% na mesma base de comparação. Segundo o relatório do IBGE, “essa desaceleração está ligada, principalmente, à conversão de pastagens em áreas agrícolas e, numa proporção menor, em áreas de silvicultura”. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm