Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Profissionais da Educação protestam nesta sexta em Pará de Minas contra as reformas propostas por Michel Temer


Os profissionais das redes municipal e estadual de educação marcaram para esta sexta-feira, 30 de junho, mais uma manifestação em protesto contra as reformas pelo governo Michel Temer que tramitam no Congresso Nacional em Brasília.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Os projetos propondo as reformas da Previdência Social e da área trabalhista são vistos pela categoria como prejudiciais. Os profissionais alegam que as propostas promovem a perda de direitos e a desvalorização da classe trabalhadora.

Já o governo federal tenta transmitir aos cidadãos que é preciso tomar estas medidas para conter os gastos públicos, gerar empregos e evitar um verdadeiro caos no país. Argumenta ainda que o rombo na Previdência Social vem crescendo assustadoramente e precisa ser extinto. Os trabalhadores não concordam e afirmam que Michel Temer governa para a elite e quer tirar direitos dos trabalhadores brasileiros.

As leis trabalhistas são consideradas arcaicas e dificultam as relações entre empregadores e empregados. Por isso já foi aprovada a terceirização de qualquer tipo de mão de obra e outras mudanças estão por vir. Porém, esse projeto que trata da terceirização já está no Supremo Tribunal Federal para ser analisado pelos ministros.

A manifestação desta sexta (30) em Pará de Minas terá início às 9 horas, com concentração na praça Padre José Pereira Coelho, Centro. O movimento vem sendo liderado pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE).

Tânia Valeriano Chaves Leite, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal (SITRASERP), informa que os manifestantes pretendem sair em passeata pelas ruas centrais, visando chamar a atenção da sociedade paraminense sobre a necessidade de lutar por direitos que o governo federal quer retirar dos trabalhadores:

Tânia Valeriano Chaves Leite
taniavlr_manif1

A sindicalista informa que todas as entidades de classe são convidadas a participar do movimento. No entanto, existe uma dificuldade das empresas privadas liberarem os funcionários para apoiar as manifestações:

Tânia Valeriano Chaves Leite
taniavlr_manif2

Esta semana o presidente Michel Temer (PMDB-SP) afirmou que a reforma da Previdência será retomada. Este assunto continua parado e muitos acreditam que essa discussão não será retomada. Até porque Michel Temer foi denunciado por corrupção passiva pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, e enfrenta uma grave crise devido às denúncias apresentadas. Temer está focado apenas em sua defesa e articulando para que a Câmara dos Deputados não aceite a denúncia contra ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm