Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Horticultura muda perspectiva de futuro de jovens do Centro Socioeducativo

Rubiane Santos Max

Promover a ressocialização para que o adolescente em cumprimento de medida socioeducativa sinta-se mais produtivo, além de no futuro conseguir se sustentar e sustentar a sua família. É este o objetivo do curso de Horticultor Orgânico realizado no Centro Socioeducativo de Uberaba, no Território Triângulo Sul.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Trata-se de uma parceria entre a unidade e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino e Emprego (Pronatec), por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que visa ampliar a educação e o conhecimento para a formação profissional dos adolescentes.

Com previsão de término em setembro, a carga horária de 160 horas é preenchida entre aulas teóricas e práticas e os alunos aprendem desde lições sobre empreendedorismo e lucratividade até aproveitamento das hortaliças, horticultura geral, armazenamento e comercialização dos produtos.

Durante a prática, que acontece na horta da própria unidade, eles aprendem desde a fabricação das mudas, manejo, até a colheita. As aulas são diárias.

A realização do curso de horticultura partiu de uma demanda dos próprios adolescentes. E está sendo ministrado para 15 jovens que cumprem medida de internação na unidade. Segundo a direção da unidade, a escolha dos participantes foi feita baseando-se no interesse e nas habilidades específicas dos meninos.

A diretora de Atendimento do centro socioeducativo, Rubiane Santos Max, destaca que os adolescentes estão muito empolgados e que o aproveitamento do que é ensinado tem sido ótimo.

“O curso proporcionará aos adolescentes uma qualificação profissional capaz de instrumentalizá-los para uma futura inserção no mercado de trabalho ou até mesmo para a agricultura familiar”, diz Rubiane.

Segundo a diretora, que acompanha de perto o projeto, a metodologia utilizada fomenta nos adolescentes o desejo em participar ativamente das atividades propostas.

É o caso de Fernando Passos, de 19 anos, que cumpre medida de internação há nove meses. “Quando eu sair da unidade quero levar tudo o que eu aprendi para a minha realidade. Vou ensinar o que aprendi para a minha irmã mais nova e para o meu padrasto. Pretendo também trabalhar e ajudar minha família em casa, nas despesas, além de fazer uma horta, assim minha mãe não precisará comprar verduras”, conta, entusiasmado.

*Nome fictício para preservar a identidade do adolescente. Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm