Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Prefeito acreditava que Inácio Franco estava agindo e não oficializou secretário sobre Lago Azul

lagoazul_vt1
Continuam as movimentações políticas em torno da revitalização do Lago Azul, localizado na divisa dos municípios de Pará de Minas e Conceição do Pará. O local que antes era um cartão postal foi tomado pelos aguapés.

O Lago Azul se transformou em um lago verde. A comissão de meio ambiente da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALMG) esteve no local no dia 11 de julho de 2014, a pedido do deputado estadual Inácio Franco (PV).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook     Siga o Portal GRNEWS no twitter

Porém, vieram às eleições de 2014 e a comissão foi formada por outros parlamentares. O vereador Geovane Cardoso Correia, morador do distrito de Carioca, anunciou que o problema estava sendo resolvido junto à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

O vereador informou que o secretário municipal de Agronegócio, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Ramon Diniz Faria, havia levado a questão ao conhecimento do governo de Minas Gerais.

Porém, o secretário de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Sávio Souza Cruz, disse à reportagem do Portal GRNEWS que não foi oficializado sobre o problema. Ele afirmou que só soube do fato porque atuava como deputado estadual na época em que seu colegas visitaram o Lago Azul.

O prefeito Antônio Júlio de Faria também foi questionado sobre o fato de a Secretaria de Estado de Meio Ambiente Sustentável não ter sido oficializada sobre a necessidade de desassorear e despoluir o Lago Azul.

Em resposta, ele disse que não tomou providências nesse sentido de oficializar o secretário de Estado e tomar outras providências, porque respeitou a iniciativa tomada pelo deputado estadual Inácio Franco.

O chefe do Poder Executivo explicou que teve essa postura para evitar atrito político com o parlamentar, entendendo que o deputado estava dando andamento e acompanhando o processo:
antjul_amm

Antônio Júlio de Faria
antjul_pol1

Para o prefeito de Pará de Minas, o município de Itaúna é o principal responsável pela poluição do Lago Azul. Antônio Júlio de Faria também afirmou que é preciso ações efetivas, pois reuniões não resolvem nada:

Antônio Júlio de Faria
antjul_pol2

O gestor público municipal revela que uma empresa que desenvolveu um sistema espacial para retirada de aguapés dos mananciais. Na avaliação de Antônio Júlio de Faria, este é o momento de negociar com o estado um projeto de revitalização do Lago Azul:

Antônio Júlio de Faria
antjul_pol3

O assunto também foi debatido durante reunião realizada na Câmara Municipal de Pará de Minas. O vereador Marcos Aurélio dos Santos também afirmou que está cansado de acompanhar reuniões que não resolvem nada. Ele chegou a sugerir ironicamente que cada autoridade que visitou o Lago Azul deveria puxar os aguapés com os braços, o que daria melhores resultados.

O vereador Silvério Severino Francisco também voltou a reforçar sua polêmica tese de que reunião é só para conversar, comer coxinha, tomar café, suco e não resolver nada.

A reportagem do Portal GRNEWS fez contato com a assessoria do deputado estadual Inácio Franco para saber qual o posicionamento do parlamentar sobre esta questão, uma vez que ele foi o autor do requerimento que resultou na visita dos deputados mineiros ao Lago Azul, em 2014.

Em nota, o deputado Inácio Franco informa que a partir da próxima semana intensificará as ações em busca de solução para a revitalização do Lagoa Azul ou Represa do Carioca, como citado na mensagem.

Veja a íntegra da nota.

O Deputado Estadual Inácio Franco afirma que providências estão sendo tomadas junto à Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa e à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável para adoção de medidas que visem a recuperação da Represa do Carioca. O parlamentar reconhece a complexidade do problema ambiental no município de Pará de Minas cuja origem está no lançamento do esgoto sem tratamento de Itaúna, Itatiaiuçu, Igaratinga, do distrito de Carioca e das empresas da região no Rio São João, que alimenta o lago. Com a mudança de governo, Inácio Franco retoma as discussões e vai cobrar na próxima semana empenho e atenção do novo Secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Sávio Souza Cruz para buscar soluções urgentes para reverter a atual situação da Represa do Carioca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm