Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Votação do projeto da desoneração é concluída com poucas alterações

camarafederal
O plenário da Câmara dos Deputados concluiu na noite de quinta (25), a votação do projeto de lei do Executivo que muda as regras da desoneração de 56 setores da economia. Poucas alterações foram feitas na votação das emendas e destaques que pretendiam modificar o texto apresentado pelo relator, Leonardo Picciani (PMDB-RJ), aprovado na madrugada de hoje. O projeto será agora encaminhado à apreciação do Senado.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Segundo o líder do governo, José Guimarães (PT-CE), a aprovação do projeto foi uma “vitória extraordinária”, com a aprovação de 90% do projeto que veio do governo. Guimarães informou que ainda não dá para saber o impacto para a arrecadação com as modificações feitas no projeto.

Na votação das emendas e destaques, os deputados promoveram duas modificações ao texto de Picciani. A primeira foi com a aprovação de emenda que modifica o projeto para incluir o setor de confecções na lista dos que terão tratamento diferenciado. A emenda aprovada por 211 votos a favor e 160 contra estabelece que a alíquota sobre a receita bruta do setor de confecções passará de 1% para 1,5%.

O outro dispositivo aprovado foi o destaque que retirou do texto dispositivo que impedia empresas de bebidas instaladas na Zona Franca de Manaus de usar créditos tributários obtidos com a produção de refrigerantes, águas e energéticos para a redução de tributos a pagar em outros estados referentes a outras bebidas. O destaque foi aprovado por 212 votos contra 169.

O relator também comemorou a aprovação do projeto. Segundo Picciani, o governo pretendia arrecadar com as medidas constantes no texto cerca de R$ 12,5 bilhões e, com as modificações feitas na Câmara, a arrecadação ficará acima dos R$ 10 bilhões, mesmo com as modificações na tributação do setor de confecções.

Todos os outros dispositivos que pretendiam modificar o texto-base foram rejeitados pelo plenário. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm