Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Investimentos na saúde das crianças mais pobres salvam o dobro de vidas

Novo estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostra que o custo dos investimentos na saúde e na sobrevivência das crianças mais pobres do mundo, apesar de ser mais alto do que o necessário para chegar ao resto da população, é compensado por melhores resultados e salva o dobro de vidas por cada dólar gasto.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

De acordo com a pesquisa Narrowing the Gaps: The power of investing in the poorest children (“Reduzir as disparidades: O poder dos investimentos nas crianças mais pobres”), cuidar das comunidades mais carentes permite um maior custo-benefício quando comparado a investimentos em grupos mais favorecidos.

O parâmetro usado pelos pesquisadores para definir quem são as pessoas mais pobres foi o da linha de pobreza moderada, utilizado pelo Banco Mundial. Desta forma, são consideradas pobres as pessoas cuja renda média é inferior a US$ 3,10 por dia. Já a linha da pobreza extrema é definida por pessoas que vivem com menos de US$ 1,90 por dia.

Ações
Seis ações de grande impacto na área da saúde foram consideradas durante a pesquisa: o uso de redes mosquiteiras impregnadas de inseticida, a iniciação precoce do aleitamento materno, cuidados pré-natais, vacinação completa, assistência de uma parteira qualificada durante o parto e tratamento para as crianças com diarreia, febre ou pneumonia.

O levantamento foi feito em 51 países onde se registram cerca de 80% do total das mortes de recém-nascidos e de crianças menores de 5 anos. Nesses países, a melhora na cobertura de saúde dos grupos mais pobres ajudou a diminuir a mortalidade infantil quase três vezes mais rapidamente do que as intervenções dirigidas para o restante população.

Como as taxas de natalidade são mais elevadas entre os pobres do que no restante da população, a redução da taxa de mortalidade de menores de 5 anos em comunidades carentes traduziu-se em 4,2 vezes mais vidas salvas por cada milhão de pessoas.

Do 1,1 milhão de vidas salvas nos 51 países durante o último ano estudado (o ano varia entre os países pesquisados), cerca de 85% correspondiam aos grupos pobres.

De acordo com informações divulgadas pelo Banco Mundial, é cada vez mais difícil retirar as pessoas da pobreza extrema, pois se encontram em contextos frágeis e zonas remotas, sem acesso a educação, saúde e outros serviços fundamentais. Em 2011, 2,2 milhões de pessoas sobreviviam com menos de US$ 3,10 por dia, uma redução pequena se comparada aos 2,59 milhões registrados em 1981.

Segundo o Unicef, se os países não começarem a investir pesadamente na luta contra a mortalidade infantil, cerca de 70 milhões de crianças morrerão antes dos 5 anos de idade até 2030.

Acabar com as mortes evitáveis de recém-nascidos e crianças menores de cinco anos até 2030 é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

Brasil
No Brasil, quase 6 milhões de crianças até 14 anos vivem na pobreza extrema.

O relatório Luz da Sociedade Civil sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, lançado por integrantes do Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030, alerta que um dos objetivos mais ameaçados no país é o da erradicação da pobreza e da fome, item que garantiu o alcance de um dos objetivos na última década.

De acordo com dados apresentados no documento, baseado em pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o percentual da população que vive abaixo da linha de pobreza aumentou de 12,7%, em 2013, para 13,9%, em 2015. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm