Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Jornalista Sérgio Sá Leitão toma posse no Ministério da Cultura

Divulgação/Ministério da Cultura

O presidente Michel Temer deu posse nesta terça (25) ao ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, em cerimônia no Palácio do Planalto. Ao assumir o cargo, Sá Leitão disse que a cultura tem caráter estratégico e deve ser um dos pilares do projeto de país que todos sonham construir.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O ministro lembrou que a cultura, além de contribuir para transformar a sociedade, gera emprego e renda. “A cultura está no cerne da economia criativa, gera empregos, aumenta renda, melhora a qualidade de vida e ressuscita os sonhos de uma nação cotidianamente.”

No comando do Ministério da Cultura, Sérgio Sá Leitão pretende desburocratizar e tornar mais eficiente as ações da pasta. Ele defendeu também a necessidade de combater a crescente pirataria de produtos culturais e pediu a ajuda dos parlamentares para aprovar, ainda em agosto, a medida provisória que prorroga a Lei do Audiovisual.

No discurso de posse, Leitão lembrou ainda a crise econômica, dizendo que “as condições do país são adversas” e que o deficit público reduziu a capacidade de investimentos do Estado brasileiro, inclusive no Ministério da Cultura. Ele afirmou, no entanto, que as reforma estruturais propostas pelo governo vão recuperar o país. O ministro disse que conta com o apoio do presidente Temer para manter instituições federais de cultura funcionando adequadamente.

Temer elogiou a competência e o dinamismo de Sá Leitão e sua experiência em gestão pública na área cultural. “É alguém que conhece a fundo as manifestações culturais do nosso povo”, disse o presidente.

Antes de ser nomeado pelo presidente para o comando do Ministério da Cultura, Sérgio Sá Leitão estava no cargo de diretor da Agência Nacional do Cinema (Ancine). Sá Leitão já passou pelo Ministério da Cultura de 2004 a 2006 quando foi chefe de gabinete na gestão do ministro Gilberto Gil. Na pasta, criou o Programa de Economia da Cultura dentro da Secretaria de Economia da Cultura e também desenvolveu pela primeira vez um mapeamento da economia da cultura.

Também foi secretário municipal de Cultura do Rio de Janeiro entre 2012 e 2015 e diretor-presidente da RioFilme de 2009 a 2015, além de ter exercido diversas outras atividades no setor público e privado.

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Sérgio Sá Leitão é pós-graduado em E-business pelo Ibmec (atual Insper) e em Políticas Públicas pela Universidade de São Paulo (USP).

O ministério da Cultura estava sob comando de João Batista de Andrade. Então secretário-executivo da Cultura, Andrade assumiu a pasta interinamente com a saída, em maio, do deputado Roberto Freire (PPS-PE) do cargo. Em carta enviada ao presidente Michel Temer no mês passado, Andrade informou não ter interesse em ser efetivado no comando da pasta. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm