Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Emater-MG e Embrapa firmam convênio para promover o uso da tecnologia digital no campo

Alexandre Soares/Emater-MG

O Governo de Minas Gerais, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), acaba de assinar um convênio com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Informática), em Belo Horizonte. O termo de cooperação técnica foi firmado para transferência e customização de sistemas de informação, desenvolvidos pela estatal federal para a empresa pública mineira.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Pelo convênio, a Emater-MG, vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), terá acesso a tecnologias digitais desenvolvidas pela Embrapa Informática para facilitar a difusão e a disseminação de informações, resultantes de pesquisa, para os agricultores e produtores.

“De forma bem resumida, é uma cooperação que a gente está fazendo. São ferramentas que servem não só para o produtor, como também para os nossos extensionistas. A maioria dos nossos funcionários já trabalha com tablets e notebooks e essas tecnologias vêm para facilitar o nosso serviço, dinamizar, dar maior velocidade e assertividade”, garante o presidente da Emater-MG, Glenio Martins.

De acordo com Martins, 2018 será considerado do Ano da Agroecologia na Emater-MG e, por isso, a tendência é que essas plataformas sejam grandes aliadas para o trabalho desenvolvido, em favor da sustentabilidade.

Para a chefe-geral da Embrapa Informática, Sílvia Maria Silveira, esse convênio significa uma aproximação da Embrapa com a extensão rural e tem por objetivo facilitar a transferência de conhecimento acumulado pela pesquisa.

“Hoje, cada vez mais tecnologias digitais estão sendo introduzidas no modelo de negócio das várias empresas dos vários setores e na agricultura também. Então estamos viabilizando a customização e a transferência de algumas delas”, observa.

A executiva da Embrapa Informática cita entre os aplicativos que serão disponibilizados o WebAgritec, Agritempo, Sisla, SatVeg, Planeja e Web Ambiente. “O WebAgritec por exemplo, é para para o planejamento e monitoramento agrícola. Ele permite a um produtor, consultor ou extensionista identificar qual a cultivar mais adequada à sua região; a melhor época de plantio; os riscos climáticos; a adubação; as doenças; o acesso a informações de 1.500 estações meteorológicas, com boletins diários e mais avisos fitossanitários”, explica Silva.

Ela informa ainda que a transferência será dada por meio de treinamento dos extensionistas e o consequente retorno deles sobre o uso das ferramentas. “A nossa ideia é que os técnicos possam usar isso no seu dia a dia e também colher feedbacks. O retorno dessas tecnologias pode até servir de novas entradas para a pesquisa agropecuária. Essa é a ideia maior que a gente tem”, esclarece. Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm