Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Fábio está prestes a alcançar mais uma marca histórica pelo Cruzeiro

mrfbiocr
O que é necessário para um goleiro se tornar um ídolo? Títulos? Identidade com o clube? Grandes defesas? Espírito de liderança? Se esses critérios são válidos para explicar a genialidade de um atleta, talvez os mesmos também possam justificar o sucesso de Fábio no Cruzeiro, equipe pela qual o arqueiro pode alcançar a marca histórica de 611 jogos, nesta quarta-feira, às 22h, contra o Universitário de Sucre, na estreia do time celeste na Copa Libertadores 2015.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook     Siga o Portal GRNEWS no twitter

Caso atue diante dos bolivianos, o capitão do Tetrampeão Brasileiro se tornará o segundo jogador que mais vezes vestiu a camisa do Cruzeiro, superando Dirceu Lopes, que possui 610 partidas, e ficando atrás somente de Zé Carlos, o qual defendeu as cores azuis em 633 oportunidades.

“É mais um presente que estou conquistando dentro da minha história no Cruzeiro. Fico tranquilo quanto a isso, é uma coisa natural que vem acontecendo na minha carreira. Tive a oportunidade de estar com o Dirceu há alguns dias e ele me deu algumas palavras de carinho. Fico muito grato por alcançar este número e espero fazer valer cada vez mais a confiança dos jogadores e dos torcedores”, disse o goleiro, prestes a atingir o expressivo número.

Desde a sua primeira passagem pelo Clube cinco estrelas, em 2000, e sua volta à Toca da Raposa, em 2005, Fábio esteve em campo por mais de 54.900 minutos, tendo conquistado um título da Copa do Brasil, cinco do Campeonato Mineiro e dois do Brasileirão.

Apesar de já ter levantado esses troféus, o paredão azul ainda não se dá por satisfeito e almeja conquistar algo inédito na sua carreira: a Copa Libertadores. Conhecedor das dificuldades que encontrará para cumprir essa meta, o experiente guarda-metas se mostrou confiante na força do elenco e espera contar com o apoio da nação azul na busca de mais uma importante conquista.

“Vai ser uma Libertadores difícil, com equipes bem equilibradas, com grandes jogos. É uma competição que, com certeza, nos motiva muito, pela possibilidade de você alcançar um título que todos nós queremos. O torcedor, antes mesmo da partida, já está falando da Libertadores. Isso gera motivação e ansiedade. O atleta entra com mais vigor e com vontade de buscar o título ”, completou.

Confira a lista dos jogadores que mais atuaram pela Raposa:
1. Zé Carlos – 633 jogos
2. Fábio – 610 jogos
2. Dirceu Lopes – 610 jogos
3. Piazza – 566 jogos
4. Raul – 557 jogos
5. Eduardo Amorim – 556 jogos
6. Vanderlei – 538 jogos
7. Joãozinho – 485 jogos
8. Palhinha – 457 jogos
9. Ademir – 442 jogos

Ficha da muralha azul:
Nome completo: Fábio Deivson Lopes Maciel
Posição: Goleiro
Nascimento: 30/09/1980 (Nobres-MT)
Altura: 1,88 m
Peso: 92 kg
Jogos: 610
Estreia no Cruzeiro: Cruzeiro 2 x 0 Universal-RJ, em 04/03/2000, amistoso, no Mineirão
Carreira: União Bandeirante-PR (1997), Atlético-PR (1998), Cruzeiro (1999 a 2000), Vasco (2000 a 2004) e Cruzeiro (desde 01/2005)
Títulos: Copa do Brasil 2000; Copa Mercosul 2000; Campeonato Carioca 2003; Campeonato Mineiro 2006, 2008, 2009, 2011 e 2014; Campeonato Brasileiro 2000, 2013 e 2014
Seleção Brasileira: Sub-17; Sub-20; Sub-23; Principal
Títulos pela Seleção Brasileira: Campeonato Sul-Americano Sub-17 1997; Campeonato Mundial Sub-17 1997; Copa América 2004
Premiações: Bola de Prata da Revista Placar 2010 e 2013; Seleção do Prêmio Craque do Brasileirão 2013
Com site do Cruzeiro

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm