Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Vítimas de regimes totalitários são lembradas por europeus no Dia da Fita Preta

Campo de concentração de Auschwitz Arquivo/EBC

A Europa celebra hoje (23) o Dia Europeu em Memória das Vítimas de todos os Regimes Totalitários e Autoritários. A data, também conhecida como Dia da Fita Preta, remete à assinatura do Pacto Molotov-Ribbentrop, em 23 de agosto de 1939, pela Alemanha de Adolph Hitler e a União Soviética de Stalin, em Moscou.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Para lembrar a data, o vice-presidente do Parlamento Europeu, Frans Timmermans, e a comissária Vera Jourová, deram hoje (23) declaração na qual recordaram as vítimas e reafirmaram rejeição às ideologias que deram suporte a regimes totalitários.

“Os regimes totalitários que assolaram a Europa restringiram as liberdades individuais, violaram os direitos das pessoas e sacrificaram milhões de cidadãos comuns em nome de uma ideologia”, afirmaram, em referência às mais de 50 milhões de mortes ocorridas durante o conflito.

Com a assinatura do Pacto Molotov-Ribbentrop, União Soviética e Alemanha concordaram em não se agredir mutuamente e dividir a Europa Oriental. O tratado, no entanto, foi descumprido.

Em 1939, teve início a Segunda Guerra Mundial, conflito marcado pela presença de regimes como o nazismo alemão, o fascismo italiano e o comunismo soviético.

“Embora o fim da Segunda Guerra Mundial tenha marcado a derrota do regime nazista, muitos europeus continuaram a viver sob regimes totalitários durante várias décadas”, diz o comunicado.

Os representantes do parlamento afirmaram que a União Europeia foi construída com base em valores como dignidade humana, direitos fundamentais, Estado de direito e democracia, bem como na recusa do nacionalismo extremo. “Tais direitos e liberdades nunca deverão ser dados como adquiridos. Assumimos o compromisso de lutar por eles todos os dias.”

O pronunciamento ocorre poucos dias após o ato terrorista que matou treze pessoas em Barcelona e em um contexto europeu de medo e perplexidade diante do terror dos atentados.

Os representantes do Parlamento disseram que a Europa ainda sente ecos do extremismo, do nacionalismo, da xenofobia e do ódio e, ainda, que os horrores do passado devem servir como modelo de luta contra aqueles que pretendem ressuscitar ideologias totalitaristas, para que não voltem a ser cometidas as atrocidades do passado. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm