Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Trump propõe duros cortes em assistência social para cobrir déficit orçamentário

Aude Guerrucci/Agência Lusa/EPA

A primeira proposta orçamentária do presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, apresentada nesta terça-feira (23), inclui cortes drásticos de US$ 3,6 trilhões em 10 anos a programas de assistência social e cobertura médica para cidadãos com menos recursos, com os quais se prevê eliminar o déficit. As informações são da Agência EFE.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A proposta é mais uma declaração de prioridades políticas do que um documento econômico propriamente dito, já que ainda precisa passar pelo Congresso, que recebeu o texto hoje. Entre os principais programas afetados pelo plano de Trump está o Medicaid, que oferece cobertura médica aos cidadãos mais humildes e deve ter redução de US$ 610 bilhões.

Além disso, a proposta reduziria em quase US$ 200 bilhões o financiamento do programa de alimentos para famílias de baixa renda, conhecido como Snap, que beneficiou 44 milhões de pessoas em 2016 e daria mais competência aos estados para que definam exigências como um mínimo de horas trabalhadas ou a busca por emprego pelos beneficiários.

Menos assistência, mais defesa
O plano para o ano fiscal de 2018, intitulado Novos alicerces para a grandeza dos Estados Unidos, que promete eliminar o déficit orçamentário que se prevê no fechamento 2017 em 3,1% do Produto Interno Bruto (PIB) ao longo de uma década, prevê ainda aumentos de despesa na verba da Defesa e da Segurança de Fronteira.

“Já não vamos medir a compaixão pelo número de programas de assistência social e o volume gasto nisso. Precisamos de todo mundo indo na mesma direção”, afirmou o diretor do Escritório de Gestão de Orçamento da Casa Branca, Mick Mulvaney, em conferência de apresentação do documento.

Mulvaney insistiu que, com a agenda de corte de impostos, desregulação e redução do peso do governo federal, será possível conseguir um crescimento médio sustentável para os EUA ao longo da próxima década de 3% ao ano, algo não visto desde 2005. “A feia verdade é esta: jamais será possível equilibrar o orçamento com o crescimento atual de 1,9%. Isso não vai acontecer”, disse.

Trump criticou o aumento dos programas sociais promovidos por seu antecessor, Barack Obama, durante a crise financeira de 2008 e 2009, já que, em sua opinião, não incentiva a volta de muitos beneficiados ao mercado de trabalho e contribui para o desequilíbrio das contas públicas. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm