Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

São Paulo pretende imunizar quase 11 milhões de pessoas contra gripe

A campanha de vacinação contra gripe foi iniciada nesta segunda (23) no estado de São Paulo. A expectativa é que 54 milhões de pessoas sejam imunizadas até o dia 1º de junho em todo o país. Nesta primeira fase, receberão a vacina contra o vírus Influenza idosos com mais de 60 anos, indígenas e trabalhadores da área da saúde.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

No estado, devem ser distribuídas 10,7 milhões de doses. Segundo o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, dessas, 5 milhões já estão nos pontos de vacinação do estado. A produção é feita pelo Instituto Butantã.

Atenção para as crianças
Durante a cerimônia de abertura da campanha deste ano, o ministro enfatizou a necessidade de aumentar a participação das crianças na imunização. Segundo ele, em 2017 apenas 77% desse público-alvo, dos maiores de nove meses e menores de cinco anos, receberam as doses da vacina.

“No ano passado, apenas 77% do público-alvo de crianças foram vacinados. Por isso, meu apelo aos pais para levarem os filhos para tomar a vacina. As crianças tiveram o mais baixo desempenho na vacinação”, ressaltou Occhi, ao comparar o resultado com o grupo dos idosos, onde 98% foram vacinados.

As crianças estão incluídas na segunda etapa da campanha, que deve começar no próximo dia 2 de maio. Nessa fase, também serão imunizadas as gestantes e as mulheres até 45 dias após o parto. Na última etapa, a partir de 9 de maio, a vacinação será aberta para os pacientes de doenças crônicas e os professores.

Trivalente
O ministro da Saúde destacou ainda que as doses que estão sendo oferecidas protegem contra três variedades do vírus em circulação. “A vacina que nós estamos aplicando hoje no Brasil já contempla uma evolução [do Influenza], ela é trivalente. Tem o H1N1, o H3N2 e também para o reforço da vacina dada ano passado”, detalhou.

Em São Paulo, pretende-se vacinar 4,3 milhões de idosos, 2,4 milhões de pessoas com doenças como asma, diabetes e imunodeprimidos, 2,3 milhões de crianças e 1,2 milhão de profissionais de saúde. Espera-se ainda atingir 423 mil gestantes e 70 mil puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto).

Em 2018, foram registrados no estado de São Paulo 65 casos de síndrome respiratória aguda grave, um quadro perigoso causado pelo vírus Influenza, causador da gripe, sendo que 11 acabaram em morte. Em 2017, foram notificados 1.021 casos com 200 óbitos.

Região
Público-alvo por região no estado de São Paulo

Grande São Paulo 5.408.306, Araçatuba 213.805, Araraquara 275.690, Marília 350.107, Barretos 125.373, Bauru 503.912, Campinas 1.136.860, Franca 181.034, Piracicaba 389.354, Presidente Prudente 222.270, Vale do Ribeira 81.336, Ribeirão Preto 399.774, Baixada Santista 534.693, São João da Boa Vista 234.490, Vale do Paraíba 701.932, São José do Rio Preto 517.523, Sorocaba 626.009. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm