Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

PMDB mineiro não assumiu o MEC por falta de consenso e liderança, afirma Antônio Júlio

antjul_dmsprf
O presidente em exercício da República, Michel Temer (PMDB-SP) assumiu o cargo em 12 de maio e vem enfrentando grandes desafios e críticas sobre as posturas que vem sendo adotadas à frente do governo brasileiro. Outra coisa é fazer com seus ministros voltem atrás de declarações polêmicas inverídicas ou mal colocadas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A junção do Ministério da Cultura ao da Educação é uma das questões que vem levantando polêmica por todo o país. O presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL) encabeça um movimento para a recriação da pasta.

Segundo o senador, o Ministério da Cultura (MinC) tem um orçamento baixo e não vai quebrar a nação. Está sendo estudada uma proposta de emenda à medida provisória assinada pelo presidente interino da república.

Outra crítica ao governo Temer se refere a não participação do PMDB de Minas Gerais no atual governo. Nenhum deputado ou senador mineiro foi efetivado em um ministério até o momento e a única possibilidade seria o deputado federal Newton Cardoso Jr. para ocupar o Ministério da Defesa, o que não se concretizou. Especialistas em política dizem que Temer nunca considerou Cardoso para este cargo, mas deixou a possibilidade em aberto para não desagradar de imediato a ala mineira do PMDB.

O prefeito de Pará de Minas e presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Antônio Júlio de Faria, milita no PMDB há décadas e explica que a informação divulgada é equivocada.

Ele informou que o diretório estadual recebeu o Ministério da Educação e Cultura e não chegou a um acordo. Com isso o presidente da República indicou outro nome para que a máquina pública não parasse o funcionamento:

Antônio Júlio de Faria
antjul_ldrs1

Antônio Júlio de Faria afirmou que está faltando lideranças políticas dentro dos partidos. Segundo ele, um líder deve trabalhar em prol do coletivo e esta filosofia não é adotada por muitos homens públicos:

Antônio Júlio de Faria
antjul_ldrs2

Considerando que nenhum dos ministros é de Minas Gerais, os peemedebistas que integram o governo Temer são:

Planejamento – Romero Jucá
Secretaria de Governo – Geddel Vieira Lima
Turismo – Henrique Eduardo Alves
Esporte – Leonardo Picciani
Casa Civil – Eliseu Padilha
Desenvolvimento Social e Agrário – Osmar Terra
Integração Nacional – Helber Barbalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm