Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Conselheiros defendem medidas “amargas” para retomar crescimento

reuniao_conselho_desenvolvimento

Na primeira reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Conselhão) do governo do presidente Michel Temer, nesta segunda (21), no Palácio do Planalto, os conselheiros defenderam medidas para a retomada da economia e do crescimento do país.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O empresário do setor de comunicação Nizan Guanaes sugeriu ao presidente Temer que o governo tome as medidas necessárias, mesmo que “impopulares” e “amargas”, e use a publicidade para fazer com que a população entenda a necessidade das mudanças.

“Aproveite já que o governo ainda não tem índices de popularidade alta e faça coisas impopulares que serão necessárias e que vão desenhar esse governo para os próximos anos. Tome medidas amargas, esse é o grande desafio das democracias”, disse Guanaes.

Ele defendeu ainda uma reforma trabalhista com leis mais competitivas. “Precisamos de reformas para o país e nós, empresários, precisamos de leis competitivas para nossas empresas. Não temos como competir [no mercado] com essa carga fiscal e essas leis [trabalhistas] defasadas.”

A reunião teve a presença do presidente Michel Temer e dos ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Fazenda, Henrique Meirelles, que fez uma apresentação com dados sobre as contas públicas do país.

Desburocratização
O ex-governador do Rio Grande do Sul e membro do Conselho Político e Social da Associação Comercial de São Paulo, Germano Rigotto, falou em “desafios imensos” para o governo de Temer e defendeu que esse seja o governo das reformas. Ele citou a reforma da Previdência e a tributária. “Sabemos que os desafios serão imensos nos próximos meses. A tarefa será ser, sim, o governo das reformas, e reforma que passa não apenas pela Previdência, pela reforma fiscal e processo de desburocratização.”

A presidente da rede de lojas Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, pediu ao presidente e aos ministros medidas que reduzam a burocracia para simplificar a atividade empresarial e reduzir custos. “Queria colocar um foco muito grande em simplificar o Brasil. Tem empresas que têm 10% de custo. Só através da sociedade é que vamos conseguir fazer essas mudanças.”

O presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Antônio Neto, receia uma reforma da Previdência feita de forma “açodada”. Ele propõe que a reforma ocorra depois de muita discussão e de forma tranquila. “Estamos à disposição para discuti-la. Acreditamos que tem algumas coisas mais rápidas e muito difíceis que precisam ser feitas como o novo pacto federativo. A reforma tributária, [há] quase 20 anos [está] se tentando e não se consegue fazer”, disse.

O empresário Abílio Diniz defendeu a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Gastos Públicos enviada ao Congresso Nacional pelo Executivo. “A PEC dos Gastos é fundamental para o país. Há muita liquidez no mundo, e os investidores querem investir no Brasil”. Ele também sugeriu a unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para acabar com a “guerra fiscal”. “Temos de nos comprometer com o senhor, os ministros e o país. A sociedade civil vai ajudar”, disse Diniz, dirigindo-se ao presidente Michel Temer.

Ao chegar ao Palácio do Planalto para a reunião, o técnico da seleção masculina de vôlei, Bernardinho, que passou a integrar o Conselhão, disse que veio entender de que forma a interdiciplinaridade do esporte pode contribuir para melhorar o país, em especial nas áreas de educação e saúde e, em longo prazo, na segurança. “O desenvolvimento econômico e social tem a ver com o esporte, até pela fidelização que o esporte promove para essas áreas, uma vez que desperta o interesse das pessoas, possibilitando uma transformação de valores. Educar é transformar valores, e o esporte faz com que isso aconteça.”

O Conselhão voltou a se reunir hoje com renovação de 67% dos membros. O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse que a nova formação do colegiado busca dar espaço a todos os segmentos da sociedade. A reunião foi a primeira do governo Michel Temer e teve como tema a retomada do crescimento econômico. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm