Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Minas proipõe continuidade e fortalecimento do Fhidro

Carlos Alberto/Imprensa MG

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), irá encaminhar ainda em 2017, à Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, nova proposta para prorrogação da validade do Fundo de Recuperação, Proteção e Desenvolvimento Sustentável das Bacias Hidrográficas do Estado de Minas Gerais (Fhidro) por mais cinco anos.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A adaptação da proposta é fruto das discussões conduzidas com a sociedade civil no âmbito do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERH) e visa garantir a continuidade das políticas de proteção ao patrimônio ambiental de Minas Gerais.

Considerando o disposto no art 5° da Lei 15.910 de 2006, que criou o Fhidro, e que estabelece que o prazo do fundo é de 12 anos, essa prorrogação é importante para garantir a continuidade do financiamento de projetos de recuperação e proteção dos recursos hídricos”, explica o secretário-adjunto da Semad, Germano Vieira.

“Após a reunião do Conselho realizada no último dia 16, nos empenhamos particularmente em garantir que o Fhidro fosse mantido como Fundo independente, sem migração a qualquer outro, e que também não fosse prorrogado por poucos meses”, completou o secretário.

“Essa iniciativa é parte de uma política mais ampla. Adicionalmente, iremos em 2018 propor uma revisão das regras operacionais do Fundo, buscando incrementar sua efetividade e melhor distribuição dos recursos. Esse trabalho é fruto do próprio grupo coordenador do Fhidro, do qual fazem parte vários atores importantes da sociedade”, acrescentou Germano.

Desde a sua criação, o Fhidro financiou mais de 115 projetos, com destaque para a ações de recuperação de nascentes, áreas degradadas, saneamento básico e elaboração de planos de bacia hidrográfica, nos quais foram investidos mais de R$ 60 milhões.

Em 2014 os recursos desembolsados pelo Fhidro foram da ordem de R$ 7 milhões. Em 2015, o valor saltou para aproximadamente R$12 milhões, um aumento de 70%. Em 2017, os valores desembolsados devem chegar aos 13,5 milhões, um incremento de quase 100%.

Governo retoma pagamento do Programa Bolsa Verde
Em 2017 o Governo de Minas Gerais retomou os pagamentos de outra ação financiada pelo Fhidro, o Bolsa Verde. O programa remunera produtores rurais que preservam vegetação em suas propriedades. O benefício que não era pago desde 2013, após empenho do Estado, foi retomado em 2017. A expectativa é chegar ao pagamento de R$ 20 mi a cerca de mil proprietários rurais, além dos 13,5 milhões previstos nas demais ações do Fundo.

Por meio do Bolsa Verde são preservados aproximadamente 90 mil hectares, ou quase três vezes a área do Parque Estadual do Rio Doce, a maior área contínua de mata atlântica do estado. Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm