Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Pecuaristas vacinaram apenas 40% do rebanho contra a febre aftosa na região de Pará de Minas


A 1ª etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa de 2017 teve início no dia 1º de maio. A expectativa do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) é de imunizar todo o rebanho, estimado em 23,5 milhões de bovinos e bubalinos.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O prazo vai até o dia 31 de maio. A vacinação é a única forma de proteger os animais contra a doença. Nesta etapa inicial, os animais de todas as idades devem ser imunizados pelos produtores.

O rebanho que deverá ser vacinado em todo o estado de Minas Gerais é de 23,7 milhões de animais. Após a aplicação da medicação no rebanho é preciso preencher o Formulário de Declaração de Vacinação, também conhecido como Carta Aviso de Vacinação. Basta o pecuarista acessar o site do IMA e lançar as informações.

A declaração de vacinação também é obrigatória e o produtor que não fizer o procedimento até o dia 10 de junho poderá ser multado em R$ 16,26 por cabeça.

Lucas Silva Jardim, chefe do escritório do IMA em Pará de Minas, revela que em 20 dias a campanha registrou apenas 40% de cobertura vacinal contra a aftosa. Ele acredita que o balanço é muito positivo porque os produtores geralmente deixam para a última hora:


Lucas Silva Jardim
campanhaaftosalucassilvajardim1

Os produtores com rebanho bovino de até 150 cabeças ainda poderão fazer a declaração no escritório do IMA. Os servidores do órgão estão à disposição de todos, inclusive daqueles que estão encontrando dificuldades para declarar via internet:

Lucas Silva Jardim
campanhaaftosalucassilvajardim2

O veterinário lembra que a compra da vacina não precisa da Carta de Vacinação. O medicamento deve ser adquirido e acondicionado em uma caixa de isopor com gelo. Isso deve ser mantido até a aplicação nos animais:

Lucas Silva Jardim
campanhaaftosalucassilvajardim3

Minas Gerais é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como área livre de febre aftosa com vacinação. No primeiro trimestre de 2017 as exportações mineiras de carne bovina somaram US$ 120,9 milhões.

Os negócios são viabilizados pelo status de área livre de febre aftosa com vacinação que o estado possui perante a Organização Internacional de Saúde Animal (OIE). A China é o maior comprador da carne brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm