Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Cursos profissionalizantes estimulam empoderamento feminino em Minas Gerais

Divulgação/SEE

O Instituto Estadual São Rafael, referência no atendimento aos deficientes visuais, recebe, até o dia 6 de junho de 2017, inscrições para seleção de novas turmas de ensino profissionalizante Técnico em Massoterapia.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

As inscrições são direcionadas também às pessoas com quaisquer outros tipos de deficiência e também candidatos não-deficientes. Ao final os estudantes serão certificados como Técnicos em Massoterapia, podendo atuar profissionalmente em empresas, clubes ou eventos.

São três módulos, divididos semestralmente. A massoterapia consiste em técnicas variadas de massagem. O curso no Instituto São Rafael é distribuído em duas modalidades: massagem ocidental, que engloba o corpo como um todo, e a oriental, mais pontual, segundo a coordenadora do curso, Luciana Rocha.

“Oferecemos a drenagem linfática, a quick, feita em cadeira específica e que dura quinze minutos, muito requisitada em ambientes profissionais, clubes e eventos. Mas trabalhamos também terapias associadas, como a cromoterapia (que trabalha com cores), aromoterapia, musicoterapia e, nas terapias orientais, o chiatso, tuiná e do-in, mais específico em pontos de reflexos”, explica Luciana.

Segundo a diretora da escola, Juliany Sena, a experiência de acolher alunos sem deficiência tem sido enriquecedora para ambos os lados.

“Na primeira aula, fizemos uma reunião de acolhida, com todos os alunos, deficientes e e pessoas sem deficiência, quando explicamos o funcionamento e a conduta do trânsito no espaço da escola, noções básicas de como lidar com o deficiente visual. Fazemos sensibilização constante com essas pessoas porque é um espaço novo de convívio para eles”, explica a diretora.

O curso de massoterapia livre já acontece no Instituto há dez anos. “O deficiente visual tem um tato muito apurado, eles têm um toque diferente e por isso se saem muito bem no curso de massoterapia”, acrescenta Juliany.

No curso técnico, iniciado no no mês passado, estão matriculados 24 pessoas com alguma deficiência: motora, intelectual, além de cegueira total, baixa visão, surdez e surdo-cegueira.

“Esta é uma inclusão ao contrário. Aqui, aprendemos um pouco do que é o mundo para as pessoas com alguma deficiência. Lá fora eles são minoria e o mundo não é adaptado às suas necessidades”, observa o aluno Pedro Lorenzetti.

De acordo com a coordenadora do curso, Luciana Rocha, o curso veio para agregar, uma vez que algumas adaptações foram necessárias. “Até na didática, que era exclusiva para pessoas com cegueira, tivemos que inovar, agregando formas mistas. Com a participação de mais pessoas, o deficiente visual se sente mais importante, equiparando aos demais sem deficiências. Isto provoca melhor aproveitamento”, avalia.

Segundo a coordenadora, o aluno formado em massoterapia no Instituto São Rafael poderá trabalhar em locais variados, sobretudo por esta ser uma profissão em crescimento.

A comunidade escolar também abraçou a causa. Maria Thereza Rosso, por exemplo, veio do Rio de Janeiro para tratamento visual ainda jovem. Aos 18 anos, perdeu a visão e foi aluna do Instituto depois de adulta, onde fez cursos de Braille e Orientação Motora. Mesmo trabalhando com massagens há mais de uma década, resolveu cursar o profissionalizante, como forma de qualificar seu trabalho.

“Superou minhas expectativas, tinha certo receio de conviver com pessoas sem deficiência. Mas foi tudo muito tranquilo, nos entrosamos muito bem e estamos vivendo um momento que vem na contramão da prática da sociedade, onde somos minoria. Estamos incluindo em nosso espaço um grupo de não excluídos”, brinca.

​Desde abril, já funcionam três turmas mistas na escola, uma pela manhã e duas à tarde, com 69 alunos, entre eles 24 com algum tipo de deficiência.

Serviço:
Curso profissionalizante Técnico em Massoterapia do Instituto São Rafael
Habilitação: Curso Técnico em Massoterapia
Carga Horária: 1.200 horas/aula (3 módulos)
Inscrições: de 15 de maio a 2 de junho de 2017
Local: Instituto São Rafael (Avenida Augusto de Lima, 2109 – Barro Preto, Belo Horizonte/MG)

Documentação necessária para inscrição:
– Certificado/histórico de conclusão do Ensino Médio;
– ou declaração de matrícula, em 2017, no 2º ano do Ensino Médio;
– duas fotos 3×4 (recentes);
– Carteira de identidade e CPF;
– Titulo de eleitor e comprovante de quitação eleitoral;
– Comprovante de residência (preferencialmente conta de luz – atual);
– Laudo ou Relatório que comprove a deficiência (atualizado), para pessoas com deficiência.

OBS: O candidato deverá apresentar original e cópia dos documentos no ato da inscrição, no Instituto São Rafael. As aulas serão realizadas de segunda a sexta-feira, nos turnos manhã e tarde. O período de matrícula para as inscrições aprovadas será de 5 a 19 de junho de 2017. Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm