Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Governo de Minas Gerais homenageia Nelson Mandela no Dia de Tiradentes

Veronica Manevy/Imprensa MG

A cidade de Ouro Preto (MG) sedia hoje (21) a tradicional cerimônia de entrega da Medalha da Inconfidência, a maior honraria concedida pelo governo mineiro. Serão agraciadas 171 personalidades que contribuíram para o desenvolvimento de Minas Gerais e do Brasil. Além disso, o ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, será homenageado in memorian. Morto em 2013 aos 95 anos, o ícone mundial da luta contra o racismo receberá a comenda máxima, o grande colar.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook     Siga o Portal GRNEWS no twitter

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), chegou a convidar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para receber o grande colar. Procurado pela Agência Brasil, o Instituto Lula disse apenas que o ex-presidente já foi agraciado com a comenda em 2003, entregue pelo então governador Aécio Neves, e não irá esse ano.

Como de praxe, o recebedor do grande colar é também o orador da cerimônia. No ano passado, esse papel coube ao ex-presidente do Uruguai, José Mujica. Como Nelson Mandela será homenageado in memorian, o discurso principal será feito pelo próprio governador Fernando Pimentel. A cerimônia será acompanhada pelo embaixador sul-africano Ntshikiwane Joseph Mashimbye.

Mandela inspirou movimentos contra o racismo em todo o mundo. Líder da luta contra o “apartheid” na África do Sul, ele recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1993 e se tornou o primeiro presidente negro de seu país de 1994 a 1999. Era também carinhosamente chamado de Madiba, nome do clã a que pertencia.

Homenagens à Inconfidência Mineira no Dia de Tiradentes, em Ouro PretoHomenagens à Inconfidência Mineira no Dia de Tiradentes, em Ouro PretoVerônica Manevy/ Imprensa MG

Histórico
A Medalha da Inconfidência foi instituída em 1952 pelo então governador mineiro Juscelino Kubitschek. Os agraciados são escolhidos por um conselho composto por representantes dos poderes executivo e legislativo do estado e de Ouro Preto.

No dia da cerimônia, um decreto do governador transfere simbolicamente por um dia a capital mineira para Ouro Preto, lembrando que o município exerceu esse papel de 1823 a 1897. A cidade foi também o berço da Inconfidência Mineira, movimento que confrontou o domínio da Coroa portuguesa sobre o Brasil. A revolta terminou em 21 de abril de 1792, quando foi enforcado no Rio de Janeiro um dos inconfidentes, o Tiradentes. O episódio completa hoje 225 anos.

A escolha de Mandela como principal homenageado desta edição contrasta com a baixa representatividade de negros entre os agraciados com a medalha. Em 2016, entre as 147 pessoas que receberam a medalha na ocasião, a grande maioria era de homens brancos. Poucos eram negros e apenas 32 eram mulheres. Neste ano, das 171 pessoas que receberão a medalha, 35 são mulheres.

Entre os agraciados desta edição, estão seis governadores: Camilo Santana, do Ceará; Flávio Dino, do Maranhão; Renan Filho, de Alagoas; Ricardo Coutinho, da Paraíba; Rui Costa, da Bahia e Tião Viana, do Acre. Também receberão a medalha o cineasta Helvécio Ratton, os músicos Samuel Rosa, Fernanda Takai e Saulo Laranjeira e os atores Wagner Moura, Marieta Severo, Letícia Sabatella e Camila Pitanga. Os demais homenageados são parlamentares, prefeitos, magistrados, professores, militares, juristas, médicos, advogados, gestores públicos, historiadores, religiosos e empresários. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm