Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Unincor encerra cursos em Pará de Minas e transfere alunos para a FAPAM


A novela envolvendo a instalação de uma unidade da Universidade Vale do Rio Verde (Unincor) em Pará de Minas sempre foi marcada para processos confusos e inacabados.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Quando foi a anunciada a cessão do terreno para a instituição de ensino no bairro João Paulo II, ainda na gestão do ex-prefeito e hoje deputado estadual Inácio Franco, foi divulgado para a população que o município daria um salto no setor educacional e cursos de ponta seriam ministrados na Unincor, como Medicina. Nada disso se confirmou.

Com o passar dos anos e a proximidade de vencer o prazo dado pelo município para a Unincor implantar os cursos prometidos, sob pena de ter que devolver o imóvel, as discussões foram intensas. Vereadores debateram a possibilidade de retomar o terreno, já que a Unincor não dava sinais de progresso nas ações prometidas.

Até que o ex-prefeito Antônio Júlio de Faria entendeu que o imóvel deveria ficar com a Unincor. Á época a universidade havia sido adquirida há pouco tempo pelo grupo comandado pelo ex-prefeito de Montes Claros, Rui Muniz, com quem Antônio Júlio de Faria acertou os detalhes para a continuidade da instituição. Porém, os cursos de ponta tão anunciados jamais foram implantados em Pará de Minas.


O Centro de Tecnologia Assistiva é outro projeto anunciado com toda pompa pelo ex-governador de Minas Gerais Antônio Anastasia durante solenidade festiva no Expominas em Belo Horizonte, que também não deu certo no prédio da Unincor.

Durante o governo Antônio Júlio também foi realizado um evento para inaugurar o Centro de Tecnologia Assistiva nas dependências da Unincor. Mas pouco depois da festa que contou com o registro histórico no descerramento da placa inaugural com personagens como o próprio ex-prefeito de Montes Claros, Rui Muniz e o ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia Nárcio Rodrigues, ambos presos posteriormente e investigados pela justiça, o governo de Minas Gerais sob o comando de Fernando Pimentel suspendeu o projeto do Centro de Tecnologia Assistiva em Pará de Minas. Como se não bastasse, a proposta foi sepultada de vez e muitos equipamentos armazenados no prédio da Unincor foram retirados de lá pelo Governo de Minas Gerais, configurando que o projeto não deu certo naquele local.


Agora é a vez de a própria Unincor encerrar cursos na unidade de Pará de Minas. Nesta quarta-feira, 20 de dezembro, representantes da Unincor e da Faculdade de Pará de Minas (FAPAM) confirmaram que alunos de três cursos da Unincor serão transferidos para a FAPAM. Apenas os cursos de Radiologia e Educação Física, provisoriamente, permanecem ativos na instituição.

O diretor Administrativo do campus Belo Horizonte, Betim e Pará de Minas da Unincor, Alexandre Barbosa de Freitas, confirma que a instituição está passando por um processo de reestruturação. Nisso constataram a inviabilidade da manutenção dos cursos de Ciências Contábeis, Pedagogia e Enfermagem em Pará de Minas. Dessa forma acertaram a transferência de 130 alunos destes cursos para a FAPAM:

Alexandre Barbosa de Freitas
alexandre_unicor

O coordenador Pedagógico da Unincor em Pará de Minas, Pedro Carlos Ferreira Santos, afirma que após a tomada de decisão para encerrar os cursos na cidade, a FAPAM foi procurada para acolher estes 130 alunos devido ao bom trabalho desenvolvido pela Faculdade de Pará de Minas:

Pedro Carlos Ferreira Santos
pedrocarlos_unicor

O diretor Geral da Faculdade de Pará de Minas, Ruperto Benjamin Cabanellas Vega, diz que recebe com alegria os alunos da Unincor transferidos para a FAPAM. Salienta o diálogo intenso entre as partes e avaliação de questões burocráticas junto ao Ministério da Educação para atender a esta nova demanda:

Ruperto Benjamin Cabanellas Vega
ruperto_unicor1

Um dos principais entraves em situações como esta se refere ao histórico escolar dos alunos para fins de transferência e efetivação de matrículas. Mas este processo também está bastante adiantado e não deverá ser problema:

Ruperto Benjamin Cabanellas Vega
ruperto_unicor2

Nas dependências da Unincor funcionará apenas os cursos de Radiologia e Educação Física, por enquanto, até que se encontre uma alternativa para estes alunos.

Caso também sejam encerrados no início de 2018 funcionará no local apenas a Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (UAITEC), que é fruto de parceria da Prefeitura de Pará de Minas com o Governo do Estado de Minas Gerais. Também funciona no prédio a Escola Municipal São Judas Tadeu, mantida pela prefeitura. Tanto a UAITEC, quanto a escola municipal apenas utilizam o espaço naquele prédio, mas nada tem a ver com a Unincor.

Caso os alunos dos cursos de Radiologia e Educação Física sejam transferidos para outra unidade da rede, como em Betim, por exemplo, ou mesmo para outras instituições de ensino, a pergunta continua sendo a mesma de alguns anos: como não cumpriu a promessa de trazer cursos importantes e mantê-los em funcionamento no município, a Unincor devolverá o imóvel cedido pela Prefeitura de Pará de Minas? A análise do caso ficará a cargo do prefeito Elias Diniz (PSD) e sua equipe e também terá que ser avaliada pelos vereadores na Câmara Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm