Banner Águas de Pará de Minas   Banner Fapam

Perigo em creche: aranha-armadeira coloca em risco crianças e servidores


Nesta terça-feira, 20 de dezembro, a redação do Portal GRNEWS recebeu informações de pessoas preocupadas com a integridade de crianças e servidores do Centro Municipal de Educação Infantil Padre Hernane José Ferreira, localizado no bairro Dom Bosco, em Pará de Minas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

As afirmações indicavam o aparecimento de aranhas-armadeira nesta creche colocando em risco todos que frequentam o local. Houve quem dissesse que a picada desta aranha em pessoas adultas provoca necrose e em crianças e idosos pode ser fatal resultar em óbito.

Ao longo do dia manifestações de pessoas que estavam cientes deste caso fizeram aumentar a preocupação. Um cidadão disse que em uma situação extrema, o primo perdeu um dos dedos da mão após ser picado pela aranha-armadeira.


Uma senhora, que não será identificada publicamente, disse o seguinte: “a aranha-armadeira é um bichinho muito venenoso, falo porque já fui picada por uma aranha dessa. Fui picada no dedo da mão, causando uma dor tão forte que dá enjoo, dor de cabeça, suor frio, falta de ar. Fui imediatamente para o hospital, e me passaram na frente dos outros pacientes que estavam aguardando atendimento, pois eu estava muito mal.Tem que olhar mesmo o que está acontecendo nesta creche, pois se trata de vidas”.

A reportagem do Portal GRNEWS procurou a creche, mas servidores não quiseram falar sobre o assunto sob o argumento que poderiam alarmar a população. Também foram procuradas as secretarias municipais de Saúde e Educação, além do Departamento de Vigilância em Saúde.

O biólogo Adelmo Batista Lemos, que atua na Vigilância em Saúde, confirma que em caso de picada da aranha-armadeira, as consequências podem ser graves:


Adelmo Batista Lemos
adelmobatistalemos1

Ele relata que nesta época de chuvas é comum o aparecimento de certos animais, atraindo as aranhas-armadeiras, como ocorre na creche do bairro Dom Bosco:

Adelmo Batista Lemos
adelmobatistalemos2

Adelmo Batista Lemos já vistoriou o local e não encontrou focos preocupantes na área. Mas, afirma que será preciso realizar uma dedetização na creche e limpeza em lotes vizinhos, inclusive aqueles que pertencem ao município:

Adelmo Batista Lemos
adelmobatistalemos3


O biólogo também falou que nesta época do ano a população precisa aprender a conviver com certos animais, como as aranhas-armadeiras no Dom Bosco e os caramujos no Jardim das Piteiras, entre outros caracterizados como pragas urbanas:

Adelmo Batista Lemos
adelmobatistalemos4

Ele acrescenta que é preciso saber diferenciar animais peçonhentos de animais venenosos. Adelmo Batista Lemos explica as características de ambos:

Adelmo Batista Lemos
adelmobatistalemos5


A assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Educação também informou ao Portal GRNEWS que a Prefeitura de Pará de Minas está ciente e tomando todas as providências para resolver o problema e eliminar as aranhas-armadeiras da área onde está localizada a creche do bairro Dom Bosco. Por esta razão, não haverá aulas nesta quarta (21). Com isso o ano letivo está encerrado, assim com as matrículas que serão retomadas dia 2 de janeiro de 2017.

Sobre a Aranha-armadeira
Phoneutria (do grego φονεύτρια, latinizado: phoneútria, “assassina”) é um gênero de aranhas conhecidas pelos nomes comuns de armadeira, aranha-macaco ou aranha-de-bananeira, pertencentes à família dos ctenídeos. O nome comum armadeira vem da sua atitude invariável de ataque, com as patas dianteiras erguidas.

Veneno
A peçonha da Phoneutria é composta por polipeptídeos, além de histamina e serotonina. Sua ação é neurotóxica e cardiotóxica. A neurotóxica provoca despolarizações nas terminações nervosas, sensitivas e motoras, fibras musculares e no sistema nervoso autônomo, induzindo a liberação de neurotransmissores.
A ação cardiotóxica interfere na atividade contrátil do músculo estriado cardíaco, ativação do sistema de calicreína tissular, ativação de fibras sensoriais e esvaziamento gástrico.

Sintomas
As pessoas picadas pela aranha-armadeira notam na pele o inchaço, vermelhidão e sudorese local; dor local ou irradiada, acompanhada de formigamento. Dependendo do estado da pessoa, além da dor, os sintomas mais comuns são taquicardia com alterações no eletrocardiograma, hipertensão arterial, sudorese com visão turva e vômitos ocasionais. O hemograma pode apresentar leucocitose com neutrofilia e hiperglicemia.

O quadro em crianças com menos de seis anos e idosos muito debilitados pode evoluir para edema pulmonar e choque representando um risco não desprezível de morte.

Tratamento
Apesar da alta toxicidade da peçonha da armadeira, a absoluta maioria dos casos registrados são considerados leves e de prognóstico benéfico. Nestes casos o tratamento é sintomático resumindo-se a analgésicos via oral e anestésico local xilocaína e, em caso de ânsia de vômito, um antiemético. Nos moderados que apresentam sudorese acompanhada de leve taquicardia e hipertensão, o tratamento sintomático é acompanhado do específico com soro antiaracnídeo. Nos casos graves que apresentam grandes alterações na pressão arterial com taquicardia/bradicardia e sudorese profusa, uma dose maciça de soro antiaracnídeo juntamente com cuidados médicos intensivos tornam-se necessários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm