Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

ILCT qualifica profissionais e abre oportunidades na cadeia de lácteos

curso_lacteos

O Instituto de Laticínios Cândido Tostes – ILCT, uma das unidades regionais da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), é uma importante porta de entrada para o mercado de trabalho. Além da excelência na formação de profissionais para a indústria de laticínios, desenvolve um modelo de interação com empresas e instituições que atuam no setor, garantindo oportunidadede emprego para os alunos.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O curso Técnico em Leite e Derivados, com inscrições abertas para 30 vagas para o primeiro semestre de 2017, desenvolve e difunde tecnologia, capacitando profissionais para o setor e formando técnicos que atuam em diversos segmentos da cadeia de lácteos por todo o Brasil e até no exterior. Clique aqui para conferir o Edital.

O ILCT tem um setor específico que cuida da supervisão dos estágios, direcionando os recém-formados à colocação. Além disso, oferece bolsa de estudos, a partir do segundo módulo, e a mediação entre aluno interessado e as empresas do setor de leite e derivados.

Os alunos que concluem o curso têm estágio assegurado e, entre esses, 70% em média são absorvidos pelas próprias empresas. Até hoje foram formados cerca de 2.300 técnicos, que atuam em todo o país. Segundo a coordenadora do Núcleo de Ensino, Regina Mansini, 50% dos alunos formados na última turma já estão trabalhando, com salários iniciais entre R$ 3.500 e R$ 4.000.

“As centenas de profissionais formados no ILCT hoje são grandes diretores, gerentes, pesquisadores, tecnólogos e estão bem posicionados no mercado, em diversas multinacionais. Isso acontece porque há uma forte interação e circulação entre o Instituto e o mercado de derivados, já que forma profissionais desde a década de 40. O pilar nesta formação é que os profissionais adquirem conhecimento, desde a teoria às aulas no próprio chão da fábrica. O mercado prioriza, através desta rede, os alunos da ILCT pela trajetória de referência e intercâmbio bem estruturadas” disse Mucio Mansur Furtado, ex-aluno do ILCT, mestre e PHD em Ciência de Alimentos e gerente de apoio de técnico da DuPont Brasil, localizada em Alfaville, São Paulo.

Regina Mansini ressalta que Minas Gerais é o grande celeiro de derivados do leite e sua cadeia é uma das mais expressivas do mundo, além de promissora. Entre os diferenciais do curso, desde 1935 – época da fundação do Instituto – está o caráter prático do treinamento, possibilitando o ingresso imediato do aluno formado no mercado de trabalho.

“Além da prática e da teoria, destacamos o estágio supervisionado, que tem estreito relacionamento com as indústrias do setor de lácteos. O Instituto está interligado a mais de 150 empresas no setor. Esta é uma profissão atual e do futuro, pois a área de alimentos está carente destes profissionais, na medida que em a segurança alimentar ganha, cada dia mais, um papel central na vida das pessoas, a demanda por conhecimentos técnicos especializados aumenta”, diz Regina.

Segundo o ex-aluno, pós-doc na área de Leite e Derivados, da Nova Leite (laboratório de pesquisa), da Universidade Federal de Viçosa, e professor do curso técnico em Derivados e Laticínios do ILCT, Rodrigo Estefani, a área de Laticínios no Brasil está com grande expressão em diversa áreas.

Isso se dá pelo dinamismo da grade curricular, que inclui microbiologia, físico-química, análise sensorial, bioquímica, legislação industrial e tecnologia de queijos, manteiga, sorvetes, iogurtes, bebidas lácteas, doce de leite, o que permite adequação aos interesses do setor, seguindo o desenvolvimento e as demandas da própria Indústria. Assim, é possível avaliar as aptidões, permitindo aos profissinais direcionarem a atuação para os segmentos.

“O curso tem os vieses de fábrica, mas também de pesquisa e tecnologia, além das áreas acadêmicas. Aqueles que ingressam têm a oportunidade e o conhecimento para atuarem na área logo após a conclusão do curso. Este é o maior elo de ligação com o mercado, permitindo um espectro extremamente amplo de atuação. Hoje, enquanto realizo o doutorado, em Nova Leite, também sou professor efetivo do Instituto, desde 2002, tendo me formado no ILCT em 2000, responsável pela parte de Produtos Concentrados e Desidratados em Leite, efetivo do Instituto. Este é um exemplo das inúmeras possibilidades e parcerias na cadeia do Leite” disse Rodrigo Estefani, ex-aluno, pós-doc na área de Leite e Derivados, na Nova Leite, da Universidade Federal de Viçosa, e professor do curso técnico em Derivados e Laticínios do ILCT.

O Curso Técnico em Leite e Derivados do ILCT tem duração de dois anos e três meses. As aulas acontecem em período integral (manhã e tarde), com uma carga-horária de 480 horas de estágio, a serem cumpridas até trêse meses após o término do curso. Com uma trajetória de referência, a integração entre ensino, pesquisa e fábrica de laticínios coloca o ILCT em alto nível de qualificação para mais de 60 países, difundindo tecnologia na formação de novos técnicos.

Inscrição
O Instituto de Laticínios Cândido Tostes está oferecendo 30 vagas para o 1º semestre de 2017. O período de inscrição, já aberto, vai até 6 de dezembro de 2016.

A inscrição, no valor de R$ 70, pode ser feita pelo site www.candidotostes.com.br; Secretaria de Ensino do Instituto de Laticínios Cândido Tostes; ou correio, acompanhada do comprovante de depósito.

O resultado será divulgado no dia 12 de dezembro de 2016. O investimento mensal do curso é de R$ 299,00 , com dedicação integral nas aulas realizadas das 7h30 às 18h, diariamente.

Para a seleção é necessário possuir o ensino médio geral (ou equivalente) concluído ou estar devidamente matriculado na 2ª ou 3ª série do ensino médio geral no momento de ingresso e a aprovação no Exame de Seleção e classificação dentro do limite de vagas, conforme normas do Edital.

Dia 10/12/2016 (sábado)

8:00 às 11:30 horas

Conhecimentos Gerais I

Total de questões: 40 questões de múltipla escolha no valor de 1 (um) ponto cada;
Disciplinas: Português, Matemática e História

Dia 10/12/2016 (sábado)

13:30 às 17:00 horas

Conhecimentos Gerais II

Total de questões: 40 questões de múltipla escolha no valor de 1 (um) ponto cada;
Disciplinas: Geografia, Física, Química e Biologia

O exame de seleção é constituído de duas provas:

São oferecidas 60 vagas por ano, preenchidas por meio dos exames de seleção, realizados semestralmente.

Mestrado profissional
Em parceria com Embrapa Gado de Leite e Universidade Federal de Juiz de Fora, a Epamig ILCT lançou, em 2009 o curso de Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia do Leite e Derivados.

Pioneiro no Brasil no formato profissionalizante, o curso contribuiu para o fortalecimento da capacitação e formação de recursos humanos demandados pelos diferentes elos da cadeia produtiva do leite, tornando os produtos adequados às crescentes exigências do mercado nacional e internacional. Anualmente, são oferecidas até 15 vagas.

Curso de formação básica profissional
A Epamig ILCT mantém uma programação anual de cursos de formação básica profissional, de pequena duração, cuja agenda está disponível em www.candidotostes.com.br. Os treinamentos são específicos na área de leite e derivados e destinados aos diversos setores da cadeia produtiva, como profissionais da indústria, técnicos, produtores de leite e estudantes.

Os cursos no ILCT são aguardados pelo mercado por atenderem às demandas da indústria. Por ano, são registrados cerca de 300 cursistas de todo o Brasil e até do exterior. Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm