Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Governo apresenta casos de sucesso de ensino e profissionalização no sistema prisional

prisao
A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) apresentou ações e iniciativas bem sucedidas de educação e profissionalização de detentos de Minas durante o Seminário Estadual de Profissionalização e Ensino nas Prisões, realizado no Palácio das Artes, no centro de Belo Horizonte.

O Seminário contou com a apresentação do coral Vozes da Cela, um dos cases de sucesso, composto por custodiados do Presídio de São Lourenço, que já soma mais de 500 apresentações no seu currículo. O maestro José Henrique Martins é o criador da iniciativa e instrutor dos detentos no coral. Para ele a música é uma das responsáveis por auxiliar significativamente no processo de ressocialização de diversos detentos. “Essa iniciativa é muito mais que um projeto, é uma grande escola de vida e humanização. Acredito que a música possa transformar essas vidas”, afirmou.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook     Siga o Portal GRNEWS no twitter

Durante o seminário houve também a assinatura dos Termos de Cooperação Técnica (TCT) com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFET) e o Instituto Federal do Sul de Minas, garantindo quatro mil novas vagas de ensino profissionalizante no sistema prisional.

O superintendente de Atendimento ao Preso da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), Helil Bruzadelli, destacou a importância de parcerias no incentivo à capacitação dos detentos do Estado. Ele afirmou que a assinatura dos Termos de Cooperação Técnica é muito mais que uma formalização, já que contribui para que mais presos tenham oportunidade de mudar suas vidas. “A nossa missão é custodiar os indivíduos, mas, sobretudo, acreditar na transformação deles. Daí a importância de encontrar parceiros que apostem nisso junto com a gente”, finalizou.

Números

A busca pela ressocialização e pela humanização no cumprimento da pena já resulta em 8.500 presos estudando, sendo que cerca de 200 cursam o nível superior. No final do ano passado, cerca de seis mil detentos prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cerca de 13 mil detentos também trabalham enquanto cumprem pena.

Como forma de incentivo ao trabalho ou estudo, eles têm remição da pena. A cada 24h de atividades laborais ou 12 horas na sala de aula, um dia é diminuído da sentença a ser cumprida. Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm