Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Grupo Estratégico de Resposta se reunem para enfrentamento de problemas causados por chuvas

O governador Fernando Pimentel presidiu nesta segunda-feira (19), na Cidade Administrativa, a primeira reunião do Grupo Estratégico de Resposta (GER), instituído para promover a mobilização e a ação coordenada dos órgãos e entidades estaduais em decorrência das chuvas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Essa iniciativa integra a estratégia do Governo de Minas Gerais para o enfrentamento do período chuvoso por meio de monitoramento e do balanço do que ocorre em cada Território de Desenvolvimento, regionalizando as ações. O foco do trabalho é tanto na prevenção quanto na mitigação de riscos, além de preparar o Estado para situações de emergência.

Criado pelo Decreto 655, publicado na edição de sexta-feira (16) do Minas Gerais, Diário Oficial do Estado, o Grupo Estratégico terá suas atividades coordenadas pelo Gabinete Militar, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec).

O grupo é integrado por representantes das secretarias Geral, de Governo (Segov), da Fazenda (SEF), de Saúde (SES), de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e de Transporte e Obras Públicas (Setop). Compõem o grupo ainda o Departamento de Edificações Estradas de Rodagem (DEER), Cemig, Copasa, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam).

Cada órgão terá dois representantes, sendo um titular e um suplente. A coordenação do grupo poderá convidar representantes de outros poderes, órgãos ou especialistas no tema. A atividade não será remunerada.

O coordenador adjunto da Defesa Civil de Minas Gerais, tenente coronel Juliano Cançado Dias, explicou durante coletiva à imprensa que durante a primeira reunião do grupo foram debatidas formas de desenvolver ações estratégias no Estado conjuntamente entre os órgãos envolvidos, o que permitirá uma resposta mais rápida a qualquer evento que acontecer, principalmente nesse período de intensa chuva.

“Hoje temos dez municípios em situação de emergência. O governador tem preocupação intensa em relação à chuva e ele não está medindo esforços para que auxílios ocorram. Inclusive, esse Governo inaugurou ação para incentivar os municípios a criar coordenadorias municipais próprias. Foi lançado também o Programa Minas Mais Resiliente, que faz aporte de recursos nesses municípios para auxiliar nessa criação”, ressaltou o tenente coronel.

Ainda de acordo com Cançado, a Coordenadoria de Defesa Civil de Minas Gerais, se antecipoando às previsões de chuvas mais intensas em 2016, realizou a capacitação de cerca de 700 pessoas, de diversas órgãos, para atendimento em caso de necessidade.

“Hoje, a partir desse decreto, temos uma situação mais amparada para dar respostas à população atingida por esses eventos. Temos plantão 24 horas por dia, sete dias por semana, além de um radar da Defesa Civil monitorando o que acontece”, completou o tenente coronel.

Cançado aproveitou a oportunidade para fazer um alerta à população, pedindo ajuda no trabalho da Defesa Civil. “Se a população não tiver a percepção dos riscos de nada adianta o poder público fazer sua parte. Conclamamos a todos para evitar locais de alagamento e residências com risco de desabamento”, finalizou.

Participaram do encontro o coordenador do Grupo Estratégico de Respostas, coronel Helbert Figueiró; o vice-coordenador do GER e secretário de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares; o chefe do Estado Maior do Corpo de Bombeiros Militar, Helder Ângelo; os secretários Odair Cunha (Governo), José Afonso Bicalho (Fazenda), Jairo Isaac (Meio Ambiente), Rosilene Rocha (Trabalho e Desenvolvimento Social) e Eduardo Serrano (Secretaria Geral); a presidente da Copasa, Sinara Meireles; o diretor-geral do DEER-MG, Célio Dantas; o diretor geral substituto do Igam, Marley Caetano; além de secretários adjuntos e integrantes da Defesa Civil

Ações de enfrentamento
Para enfrentar o período de chuvas, o Governo de Minas Gerais, por meio da Cedec, tem atuado em algumas frentes para dar assistência às vítimas. Uma delas é o atendimento humanitário, com 15 depósitos onde estão estocados materiais de assistência humanitária.

O órgão conta também com duas plantas móveis potabilizadoras de água para atendimento aos locais com comprometimento no abastecimento. As equipes de respostas são previamente escaladas e ficam prontas para deslocamento imediato. Elas auxiliam o executivo municipal no atendimento emergencial em caso de desastre e também na organização dos recursos humanos e logísticos disponíveis.

Em caso de chuvas, são emitidos alertas via SMS, quando necessário, para os municípios. A Cedec ainda auxilia os municípios na homologação e reconhecimento da Situação de Emergência ou Estado de Calamidade Pública.

Intervenção viária
As equipes técnicas do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) trabalham nos trechos afetados pelas chuvas, fazendo também a sinalização de desvios.

Para alertar os motoristas, o órgão ainda disponibiliza no portal informações sobre as ocorrências nas rodovias estaduais no período chuvoso 2016/2017. Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm