Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Brasil encerra série de amistosos contra o Japão com vitória

japaobrasil
A seleção brasileira feminina de vôlei encerrou a série de quatro amistosos contra o Japão com vitória. Nesta quinta-feira (18.06), as brasileiras venceram a equipe nipônica por 3 sets a 2 (27/25, 27/25, 17/25, 25/13 e 13/15), no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ). O resultado fez o time verde amarelo terminar a série contra as japonesas com três vitórias e uma derrota. As centrais Carol e Juciely e as ponteiras Gabi e Fernanda Garay fizeram a primeira partida do ano com a camisa do Brasil.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook     Siga o Portal GRNEWS no twitter

A central Juciely e a ponteira Gabi foram as maiores pontuadoras entre as brasileiras, com 16 pontos cada.

O treinador José Roberto Guimarães analisou a vitória e comentou sobre a preparação para o Grand Prix. O Brasil estreará na competição também contra o Japão, no dia 3 de julho, na Tailândia.

“Esse grupo que jogou hoje se apresentou mais tarde e teve menos tempo de treinamento. A preocupação era já dar ritmo de jogo para essas jogadoras. O terceiro set teve rallys enormes e era exatamente isso que nós gostaríamos que acontecesse. Teremos mais duas semanas de preparação antes da estreia no Grand Prix. Esperamos ainda corrigir algumas coisas. Nosso saque e a relação entre o bloqueio e a defesa ainda precisam melhorar”, analisou José Roberto Guimarães.

A ponteira Gabi falou sobre a importância de enfrentar uma equipe como o Japão.

“O Zé Roberto nos deu essa oportunidade para pegarmos um pouco mais de ritmo de jogo. Foi muito bom voltar a jogar ao lado da Fernanda Garay. Essa foi nossa última partida antes do Grand Prix e enfrentar uma equipe como o Japão foi muito positivo”, afirmou Gabi.

A ponteira Fernanda Garay, que marcou 13 pontos, comentou sobre a competitividade positiva no grupo brasileiro.

“É bom nós começarmos a jogar. Nos apresentamos mais tarde e estávamos em outro ritmo de treinamento. Gostei muito de ver as meninas nos primeiros jogos. Essa competitividade é muito boa para o nosso time. Todas estão buscando um algo a mais para se manter no grupo e isso é bastante positivo”, garantiu Fernanda Garay.

O JOGO

O jogo começou equilibrado. Quando a parcial estava 20/16, o treinador José Roberto Guimarães inverteu o cinco e um. Saíram Dani Lins e Joycinha e entraram Macris e Monique. A substituição fez bem às brasileiras que encostaram (22/20). Numa bola de segunda da levantadora japonesa, o time nipônico abriu quatro pontos (24/20). A equipe verde e amarela conseguiu uma incrível reação no final da parcial e deixou tudo igual (24/24). As brasileiras foram melhores nos momentos decisivos e venceram o primeiro set por 27/25 com dois bloqueios seguidos da central Carol.

O segundo set começou equilibrado com as duas equipes se alternando na liderança do marcador. Com um ponto de ataque da central Juciely, o time verde e amarelo abriu um ponto (11/10). Numa boa sequência de saques da levantadora Dani Lins, a diferença no placar subiu para três (14/11). Bem no bloqueio, a equipe nipônica deixou tudo igual no marcador (17/17). Com um ace da ponteira Gabi, o Brasil voltou a abrir dois (19/17) e o treinador japonês, Manabe, pediu tempo. A paralisação fez bem às orientais que viraram o marcador (22/21). O set ficou disputado ponto a ponto. Com um ace da levantadora Macris, o Brasil abriu um (26/25) e, na sequência, fechou o set por 27/25.

O Japão voltou melhor para o quarto set e fez 7/0. Depois de um longo rally e, com um ponto de bloqueio, o Brasil diminuiu a vantagem no placar (11/6). O set foi marcado por longos rallys. Depois de um erro do Japão, a diferença no marcador caiu para dois (15/13). A equipe nipônica voltou a crescer de produção e abriu cinco no marcador (18/13). O Japão segurou a vantagem até o final e venceu o terceiro set por 25/17.

O Brasil dominou o início do quarto set e fez 6/3. A oposto Monique se destacava no ataque e o Brasil abriu oito pontos (12/4). Brasil seguiu sem dar chances para as japonesas e foi para o segundo tempo técnico vencendo por 16/7. O Brasil continuou melhor até o final da parcial e venceu o set por 25/13.

O Brasil veio para a quinta parcial com uma equipe diferente. Macris, Bárbara, Adenízia, Carol, Mari Paraíba e Suelle, além da líbero Camila Brait. Mesmo com as modificações, o Brasil liderou a maior parte do tie-break e chegou a fazer 11/7. Numa boa sequência de saques do Japão, a diferença no placar caiu para um (12/11). O Japão foi melhor na reta final da parcial e fechou o quinto set por 15/13.

Brasil – Dani Lins, Joycinha, Fê Garay, Gabi, Juciely e Carol. Líbero – Camila Brait
Entraram – Macris, Monique, Adenízia, Suelle e Mari Paraíba
Técnico – José Roberto Guimarães
Com site da CBV

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm