Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

CBF define empresa que irá operar árbitro de vídeo

Foto: Marcos Paulo Rebelo/CBF

Após realizar concorrência envolvendo nove empresas – 22 receberam a carta convite – a CBF definiu pela contratação da Broadcasting Televisão Ltda para operação do árbitro de vídeo a partir das Quartas de Final, ou seja, nos 14 jogos finais da Copa do Brasil 2018. A decisão levou em conta os critérios constantes no documento enviado às interessadas, envolvendo aspectos financeiros e técnicos. As propostas, que foram entregues até o dia 5 de março pelas empresas concorrentes, passaram pela validação da Comissão de Concorrência, pela Diretoria de Competições e pela Comissão de Arbitragem da CBF.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A empresa contratada pela CBF será responsável por disponibilizar os equipamentos e serviços técnicos especializados necessários à completa adoção do VAR, tornando possível que todos os procedimentos de revisão de imagens possam ser executados com qualidade, seguindo o protocolo do International Football Association Board (IFAB), órgão máximo da arbitragem no futebol mundial.

Treinamento

Sempre de acordo com o Protocolo elaborado pela Internacional Football Association Board, a CBF realizou uma intensa preparação para o uso da ferramenta. As atividades consistiram em treinamento teórico, prático, off-line e online, para habilitação de Supervisores de VAR, de Árbitros, de Árbitros Assistentes de Vídeo e de Auxiliar de Árbitros Assistentes de Vídeo, bem como de operadores de vídeo, entre setembro e outubro do ano passado.

Durante o período, foram realizados 24 jogos-treinos ao vivo, praticadas centenas de situações programadas pelos instrutores, gerando mais de 3.200 vídeos, e o líder do projeto disponibilizou no portal do IFAB 420 clipes, atingindo a expertise necessária. No total, foram capacitados 113 integrantes de equipes de arbitragem pela CBF, sendo: 16 supervisores, 15 operadores de vídeo, 74 árbitros, além de oito habilitados pela FIFA e CONMEBOL, VAR e VAAR.

Os treinamentos dos instrutores responsáveis foram realizados na Suíça e no Paraguai, com os oficiais sendo capacitados em Águas de Lindóia (SP), utilizando três campos de futebol, com estrutura necessária para realização dos eventos e participação de clubes de futebol de base durante 20 dias. Os trabalhos administrativos tiveram prosseguimento com os responsáveis pelo projeto participando de 84 atividades entre reuniões no país ou no exterior, treinamentos e testes ao vivo, todos com acompanhamento de representantes da IFAB/FIFA.

A preparação para o VAR começou ainda em março de 2016, logo após a CBF conseguir a autorização para realizar o experimento. Foram realizados dois testes off-line, nas finais do Campeonato Carioca, entre Botafogo e Vasco, no estádio do Maracanã.

Sobre o árbitro de vídeo

O projeto inovador é brasileiro e foi criado com o apoio da Comissão de Arbitragem da CBF e da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol (ENAF). O árbitro de vídeo atua na revisão de quatro situações: gol/não gol; pênalti/não pênalti; cartão vermelho direto indevido e identificação errada do jogador punido. Com site da CBF

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm