Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Material recolhido em ações de fiscalização ambiental é inutilizado

Cleibson de Oliveira

O Governo de Minas Gerais realizou a inutilização de material recolhido em ações de fiscalizações da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) no Noroeste do Estado. O trabalho aconteceu na cidade de João Pinheiro. Cerca de três mil itens sem valor econômico agregado foram inutilizados.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Na ação, foram compactados com um rolo compressor equipamentos de pesca, armadilhas e petrechos dentre outros materiais que estavam armazenados nas unidades da Semad da região. O material recolhido é aquele abandonado pelo infrator no momento das fiscalizações e que não é possível identificar o infrator. É muito comum nas operações relativas à pesca.

O diretor de Administração e Finanças da Superintendência Regional de Meio Ambiente (Supram) Noroeste, Cleibson Rodrigues de Oliveira, explica que a inutilização é a última fase de um trabalho que a Semad está realizando em suas unidades do interior, nesse caso no Noroeste do estado, para desobstruir seus espaços que poderão ser melhor utilizados.

Todo o material já recolhido e que estava armazenado nas unidades da Semad na região foi separado, identificado e encaminhado para o Centro de Recebimento de Materiais Apreendidos de João Pinheiro. “O que era possível doar foi encaminhado para instituições da região e o que a legislação permite foi inutilizado”, afirma Oliveira.

A chefe de gabinete da Semad, Daniela Diniz, destaca que a ação é um dos resultados da remodelagem pela qual passa o Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema), iniciada com a posse do governador Fernando Pimentel, em 2015.

“Foram identificados os pontos em que a gestão ambiental do Estado devia melhorar e um deles foi a adequada gestão de material apreendido e recolhido nas ações de fiscalização ambiental”, explica.

A chefe de gabinete da Semad destaca a competência da equipe local na resolução de uma questão urgente e complexa como a gestão de materiais apreendidos. “O Noroeste foi a última regional a consolidar as mudanças em sua estrutura, em dezembro do ano passado, e o primeiro a resolver um problema antigo”, completa.

O trabalho foi uma ação conjunta com a Polícia Militar de Meio Ambiente da região que participou ajudando na separação dos materiais e na definição da estratégia de destinação. “A atuação conjunta de Semad e polícia na fiscalização ambiental do estado fortalece as medidas que vão garantir a melhoria da qualidade ambiental em Minas Gerais, além das condições logísticas regionais”, afirma a subsecretaria de Fiscalização Ambiental da Semad, Marília Carvalho de Melo. Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm