Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

CD de Lia Sophia tem participação de Ney Matogrosso e Moska

Com o título de Não Me Provoca, o quinto álbum de Lia Sophia é que mais aborda a temática feminia da discografia da artista. Das 11 canções do repertório, dez são composições de mulheres e oito têm a assinatura de Lia Sophia.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

As músicas falam de temas como a liberdade e o prazer femininos e a direção artística do álbum é do compositor, músico e produtor carioca Pedro Luís, que divide a produção musical e os arranjos com Lia e Taísa Fernandes. Gravado em Belém e no Rio de Janeiro, “Não em provoca traz ainda dois convidados em duetos especialíssimos: Ney Matogrosso e Paulinho Moska.

“Eu já tinha vontade de fazer algum trabalho como Pedro Luís e quando nos conhecemos pessoalmente em um show que participamos em Recife, eu confirmei que seria a pessoa certa para produzir esse disco. Ele tem uma bagagem enorme de conhecimento da música popular produzida fora dos grandes centros do Brasil, e eu faço parte dessa cena musical. Pedro trouxe referencias do pop para conversar com o carimbó, o merengue e o zouk, e organizou mil idéias loucas que joguei em cima dele”, conta Lia.

Nascida na Guiana Francesa Lia, que começou sua trajetória musical no Pará, veio ao Rio para gravar com Ney Matogrosso a inédita “Ela”. “Adoro cantar músicas que falam da força da mulher. Gostei muito do trecho da música de Lia que diz que ela, a mulher, sangra todo mês”, elogiou o cantor, que apesar de ser um artista consagrado, é conhecido por gravar novos artistas com os quais se identifica. Os versos dizem: “Mulher, mulher, dona do próprio corpo, ela faz o que quer, ela sabe o que quer”. Além da participação de Ney, “Ela” conta com a guitarra de Félix Robatto. “Parece um sonho, mas é realidade. Lágrimas nos olhos, coração na boca, arrepio na cabeça. Era assim que eu estava assistindo esse grande artista gravar uma música minha no meu disco novo”, conta Lia Sophia.

Já convidar Paulinho Moska, com quem gravou um dueto em “Me beija”, era um sonho antigo: “Para minha surpresa e de Pedro Luis, o Moska não só cantou como tocou um ronroco, instrumento de origem andina que ele mesmo levou para o estúdio. O Paulinho já chegou com arranjo pronto na cabeça, já sabia exatamente o que ia tocar. Pedro Luis até brincou dizendo que miramos em um lugar e acertamos em dois”, conta.

A idéia de um disco feminino que traz uma linguagem universal, promovendo uma fusão dos sons Amazônia com uma sonoridade universal, surgiu de maneira natural e espontânea, no decorrer das composições e pesquisa musical de Lia Sophia: “Eu havia composto várias canções que para mim tinham caminhos bem diferentes, algumas dançantes, outras românticas, mas quando eu as apresentei para o Pedro Luís, ele me disse que elas tinham uma voz e uma presença feminina muito forte. Eu não compus pensando nisso, mas acho que esse era um desejo latente que naturalmente apareceu nas canções. Então, seguimos esse caminho para definir o repertório final, pontua Lia Sophia, que nasceu na Guiana Francesa e começou sua trajetória musical no Pará,

O álbum traz ainda uma versão de Lia para a música “Tuyo”, de Rodrigo Amarantes, abertura da série Narcos. Antes do novo álbum, Lia fez uma participação especial na “A Força do Querer”, como convidada do núcleo do Pará da novela que bateu recordes de audiência na faixa nobre da TV Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm