Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Diretora da penitenciária não vê prejuízos sociais com construção da unidade feminina em Pará de Minas

construcao_penitenciaria3
A Secretaria de Estado de Defesa Social iniciou as obras no dia 8 de junho as obras para construção da nova penitenciária feminina na Comarca de Pará de Minas. A unidade será anexa ao prédio da penitenciária Dr. Pio Canedo.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook     Siga o Portal GRNEWS no twitter

Dessa forma o município abrigará um complexo penitenciário feminino e masculino. Conforme constatado pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) a Pio Canedo está superlotada, com aproximadamente mil presos.

Sara Simões Pires, diretora da unidade prisional de Pará de Minas, informa que haverá uma reunião no próximo dia 26 de junho com o Instituto Estadual de Florestas (IEF) para definir a liberação das questões ambientais necessárias para execução do projeto:
sarasims_pntc

Sara Simões Pires
sarasims_pntc1

A diretora também revela que o Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN) vem realizando estudos sobre as condições disponibilizadas para as mulheres sentenciadas. Por isso a nova prisão terá toda a estrutura necessária para que as detentas possam cumprir suas penas com dignidade:

Sara Simões Pires
sarasims_pntc2

construcao_penitenciaria1
Sara Simões Pires afirma que a ampliação da Pio Canedo desafogará o sistema prisional na região. De acordo com ela, a nova penitenciária receberá mulheres condenadas nas comarcas da região:

Sara Simões Pires
sarasims_pntc3

A diretora não vê malefícios com a nova penitenciária feminina que vem sendo construída em Pará de Minas. Ela elencou alguns benefícios que o novo complexo trará, inclusive gerando empregos:

Sara Simões Pires
sarasims_pntc4

Quanto ao aumento da criminalidade estar atrelado a ampliação do sistema carcerário, Sara Simões Pires afirma que a violência é um problema social que precisa ser combatido com investimentos na área da educação:

Sara Simões Pires
sarasims_pntc5

construcao_penitenciaria2
Os blocos de concreto que serão gastos na unidade prisional feminina estão sendo fabricados por detentos que cumprem pena no regime semiaberto. Alessandro Roberto Pereira, que cumpre pena há 12 anos na Pio Canedo, conta que a parceria com uma empresa vem beneficiando os detentos:

Alessandro Roberto Pereira
aless_pntc

Jésus Emanuel de Oliveira, também está no regime semiaberto e conta que já passou por outras unidades prisionais onde a oportunidade de trabalho e estudo é muito mais difícil. Por isso, ele pretende aproveitar esta nova oportunidade de trabalho:

Jésus Emanuel de Oliveira
jesusalm_pntc

Através do Programa Nacional de Apoio ao Sistema Prisional, o Governo Federal está investindo mais de R$ 137 milhões para construção e ampliação de novos presídios em Minas Gerais.

De acordo com o Portal Brasil, do Governo Federal, a nova unidade feminina em Pará de Minas receberá investimentos da ordem de R$ 10.759.461,30, somente da União. Somados aos investimentos do Governo de Minas, a obra demandará R$ 18 milhões. Serão abertas 407 vagas para mulheres que cumprem pena no sistema carcerário.

Também está prevista a ampliação do presídio Floramar, em Divinópolis, que contará 306 novas vagas para homens. Nessa obra da Comarca só o Governo Federal investirá R$ 3.442,500.

Um comentário

  1. “Parabéns” ao prefeito Antônio Julio por mais esta obra em Ribeirão das Neves, ops é em Para de Minas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm